Redes Sociais

Notícias

Afastado do Botafogo por decisão técnica na terça-feira, Cortez faz live com elogio ao Flamengo

Publicado

em

Atacante recebeu críticas de torcedores ao participar de vídeo ao vivo em rede social na madrugada, mas já havia sido descartado dos planos do clube nos últimos dias

O Botafogo afastou nesta semana o atacante Gabriel Cortez, que foi informado na terça-feira e treina desde quarta separado do restante do elenco. A decisão é anterior ao episódio da madrugada deste sábado, quando o equatoriano recebeu críticas da torcida ao aparecer ao vivo em uma rede social com amigos.

O clube se pronunciou sobre a decisão, que foi tomada por questões técnicas. Quem falou sobre o ocorrido foi o técnico Paulo Autuori.

A rescisão de contrato é o caminho. Cortez está emprestado até o final do ano pelo Guayaquil City-EQU e tem opção de compra fixada em 1 milhão de dólares (cerca de R$ 5,2 milhões na cotação atual).

O atleta não tem o comportamento aprovado no dia a dia de trabalho e foi liberado na terça-feira para procurar um novo clube. Na última sexta-feira, o jogador compartilhou uma foto ao lado de Lucas Campos, outro atleta fora dos planos de Paulo Autuori e que mantém a forma física em busca de outro destino.

Na live, Cortez teve encontro virtual com amigos e falou sobre alguns assuntos, entre eles o Flamengo, rival do Botafogo, que recebeu elogios do atacante alvinegro. O fato do atleta ter bebido cerveja durante a conversa irritou parte dos torcedores.

Cortez chegou ao Botafogo em fevereiro deste ano bem avaliado pelos atributos como jogador, mas com dúvidas pelo passado fora de campo. No Equador, o atacante teve episódios de indisciplina e até briga com treinador. Histórico conhecido pela diretoria, como admitiu um dirigente ao GE na época: “Se ele tivesse a cabeça no lugar durante toda a carreira, não conseguiríamos contratar”.

Na última quarta-feira, o técnico Paulo Autuori pediu a palavra na BotafogoTV para falar sobre a política de contratações do clube. O treinador criticou a busca de novos nomes aos montes e defendeu a valorização da base e o uso de recursos para melhorar o dia a dia de trabalho. A data do recado coincide com a decisão pelo afastamento de Cortez.

– Não gostaria da vinda de jogadores apenas para dar satisfação à torcida ou à imprensa e fechar espaço para os mais novos que são formados no clube. Me recuso a fazer isso. Enquanto eu estiver aqui, esse tipo de contratação acabou. Não vou permitir, porque acredito no trabalho, na qualificação do trabalho. Não é só a vinda de jogadores. Que os valores sejam convertidos para melhorar o clube em termos estruturais – disse o treinador.

Desde que chegou, Cortez fez quatro jogos pelo Botafogo. Teve pouco mais de 100 minutos em campo e não conseguiu marcar gol. A última partida como titular foi contra o Boavista, no dia 1º de março, quando foi substituído aos 15 minutos do segundo tempo.

Fonte: Globoesporte.com / Foto de Capa: Vitor Silva / Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: