Redes Sociais

Colunas

Airton vira letra de funk

Publicado

em

♫ “Vai caneta um, depois chapela outro, tá jogando fácil, AirTouré do Botafogo”. A letra, que mistura o nome de Airton com o de Yaya Touré, craque da Costa do Marfim e do Manchester City, da Inglaterra, foi postada pelo volante do Botafogo em um vídeo em sua conta no Instagram durante o último final de semana. E despertou a curiosidade dos torcedores. Trata-se de um funk feito em sua homenagem pelo MC Charminho. Em alta, o jogador, que é destaque da reação alvinegra no Campeonato Brasileiro, virou agora até tema de música. E ele aprovou a letra.

– É, estão saindo uns lances bonitos aí, né? (Risos) Achei maneiro. Eu não esperava. Acabei até me emocionando, até pelo momento especial que estou vivendo no Botafogo em 2016. Fiquei muito feliz. Agora estou conhecendo ele e quero agradecê-lo pessoalmente. Ficou fera! – elogiou.

Morador de Itaboraí, município da região metropolitana do Rio de Janeiro, MC Charminho foi até General Severiano na última terça-feira só para conhecer pessoalmente a sua fonte de inspiração. Aos 25 anos, o cantor da “Trupe Do Funk” é alvinegro desde que nasceu e já fez músicas para outros jogadores, mas só do Botafogo. Sassá e Neilton, por exemplo, também já viraram letras de suas composições. Mas enquanto os atacantes são os principais alvos para canções dos artistas do gênero, ele decidiu apostar no volante desta vez.

– A ideia surgiu pelo momento dele. Está tendo esse momento maravilhoso, daí surgiu a ideia de fazer a música nessa fase crescente do Botafogo – explicou o cantor, que garantiu mesmo como torcedor nunca ter criticado o volante, mesmo quando ele estava em baixa – Não, jamais (risos). Ele tinha aquela fama… Mas dava para ver o futebol dele. Agora sim está mostrando o que sabe.

Canetas, chapéus, desarmes precisos… Só não peçam a ele para dançar. No vídeo que postou na rede social, quem aparece requebrando ao som do funk é seu sobrinho. Já quando o assunto é campo e bola… Airton vem sendo o cara do Botafogo, o que lhe permite sonhar com voos ainda mais altos. Veja a outros trechos da entrevista abaixo:

VOLTA POR CIMA
– É um ano especial para mim no Botafogo. No ano passado não joguei muito. Nesse ano estou podendo jogar e fazer um grande campeonato pelo Botafogo. Espero continuar nessa pegada para ajudar o Botafogo.

PENSA EM SELEÇÃO?
– O sonho de todo jogador é vestir a camisa da Seleção, e comigo não é diferente. Mas sei que isso vai ser consequência do meu trabalho aqui no Botafogo. Espero poder um dia estar vestindo a amarelinha.

VAI FICAR PARA A LIBERTADORES?
– Eu tenho contrato até o final de 2017. Espero poder renovar mais uns cinco anos com o Botafogo, que é um clube que me abraçou, onde tenho um carinho muito grande, sou torcedor. Espero ficar muito tempo no Botafogo.

Fonte: globoesporte.com.br/botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: