Redes Sociais

Notícias

Alberto Valentim lamenta falecimento do “parceiro Espinosa”

Publicado

em

Ex-técnico do Botafogo compareceu ao velório do histórico comandante e dirigente, em General Severiano, nesta quinta-feira

O falecimento de Valdir Espinosa, na manhã desta quinta-feira, deixou o Botafogo e o futebol de luto. Ao chegar para o velório do ex-dirigente e técnico do Glorioso, Alberto Valentim, ex-comandante do Alvinegro e parceiro de trabalho de Espinosa nos últimos meses, comentou a relação com o mesmo, além de lamentar a perda do amigo.

– Um cara espetacular, muito parceiro, muito amigo, deixava sua alegria sempre conversando com a gente, com os jogadores, passava tudo que era positivo em um começo de trabalho. Pena que foi por pouco tempo – afirmou Valentim, em sua chegada ao velório de Espinosa, o qual está sendo realizado em General Severiano, antes de seguir:

– Dividimos tudo, gostava de ouvi-lo por sua experiência, por como estava se entregando ao Botafogo e, infelizmente, eu o vi já mais debilitado, mais fraco. Quando íamos dar treino no campo anexo, dizia para ele ficar na sala, como os treinos eram todos filmados, nós viríamos depois, pois eu gostava muito de ouvi-lo. Tínhamos reuniões semanais, fora todas as conversas diárias. Uma perda enorme para o futebol por toda sua história e por todo caráter dele. Estamos perdendo um cara espetacular.

O clube divulgou uma nota de pesar lamentando a morte de Valdir Espinosa, que aconteceu na manhã desta quinta-feira no Rio de Janeiro.

Espinosa ocupava a função de gerente técnico atualmente, mas foi marcante na história do clube de General Severiano como treinador. Em 1989, foi o responsável por tirar o Botafogo de uma fila de 21 anos sem títulos com a conquista do Campeonato Carioca sobre o Flamengo. Desde então, passou a ser idolatrado pela torcida.

Fonte: Lance

Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: