Redes Sociais

Notícias

ANAF recorre e Paulo Autuori será julgado no pleno do STJD por acusação de ofensa

Publicado

em

Em julgamento no dia 14 de setembro, técnico havia sido punido apenas com advertência

Paulo Autuori será julgado no pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nos próximos dias. Após o técnico do Botafogo ser punido apenas com advertência por acusação de ofensa em uma entrevista depois de clássico com o Flamengo, a Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (ANAF) recorreu da decisão.

– A ANAF entendeu que a conduta perpetrada pelo referido técnico foi contrária à disciplina e à ética desportiva… e requer que seja retificada a decisão, com uma punição exemplar, após ter restado claro sua conduta grave e ofensiva – assinala a associação.

Em entrevista após o empate em 1 a 1 com o Flamengo, Autuori questionou o motivo da arbitragem ter sido chamada pelo VAR para assinalar o toque no braço de Marcelo Benevenuto, que resultou em pênalti para o rival. O técnico abordou o árbitro Leandro Vuaden após a partida e, em coletiva, questionou a conjuntura do futebol brasileiro e afirmou que as atitudes contrárias ao Botafogo são suspeitas.

No recurso, a ANAF pontua que “o campo de jogo não é o lugar adequado para qualquer tipo de esclarecimento quanto as regras, critérios ou decisões tomadas na realização da partida, existem meios próprios para este fim”.

O documento ainda diz o seguinte: “O referido técnico prestou depoimento pessoal no julgamento e, em nenhum momento, se mostrou arrependido de ter adentrado ao campo e se encaminhado ao árbitro querendo saber sobre sua interpretação de um lance especifico, no caso um pênalti assinalado pela equipe, onde teve a intervenção do VAR, solicitando que o mesmo revisasse sua marcação, o mesmo ainda disse em julgamento que ‘falei o que queria exatamente falar'”.

Fonte: GE / Foto de Capa: Vitor Silva / Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: