Redes Sociais

Notícias

Autuori aponta erro do Botafogo: “perdeu discernimento no 2º tempo”

Publicado

em

O empate por 0 a 0 com o Coritiba foi um balde de água fria nas expectativas do Botafogo. O time se mantém perigosamente próximo do fim da tabela de classificação e ainda viu o adversário colocar água no chope da estreia de Kalou pelo Glorioso. O técnico Paulo Autuori manteve a postura inabalada e apontou os erros da sua equipe, que não conseguiu furar a retranca dos visitantes.

Segundo o treinador, o Botafogo teve boa atuação no primeiro tempo, mas não conseguiu repetir a dose na etapa complementar. Para Autuori isso se deu porque os jogadores perderam o discernimento com o passar do tempo e fizeram o tipo de jogo que o Coritiba esperava.

“Primeiro tempo, eu gostei em termos ofensivos, acho que a gente usou bem os dois lados, tivemos boas tentativas por dentro com Kalou. Não concretizamos as oportunidades. No segundo tempo, começamos em cima, buscando oportunidades. Coritiba, com méritos, se defendeu bem. Com o passar do tempo, a equipe perdeu um pouco de discernimento nas ações ofensivas e, por isso, facilitou o jogo do Coritiba”, disse Paulo Autuori.

Apesar do 0 a 0, o Botafogo teve boas oportunidades de marcar e parou nas mãos do goleiro Wilson. Há quem considerasse o resultado injusto pelas chances criadas, mas não o treinador da equipe.

“Eu considero o placar justo, pois ele significa algo, ou falta de eficiência no jogo coletivo ou falta de eficácia nas condições que você cria em termos ofensivos. Considero o resultado final sempre justo a não ser quando há interferência de terceiros. Justiça, não fomos eficazes nas oportunidades que criamos. Começamos bem o segundo tempo, criando com lucidez. Tempo foi passando e perdemos o discernimento, para mim, isso foi muito claro”, completou o técnico do Botafogo.

Por fim, Autuori voltou a criticar o calendário da CBF, que não permite tempo de treinamento às equipes. Para o treinador do Botafogo isso faz com que os jogadores não tenham a confiança necessária para tentar jogadas mais ousadas, o que empobrece o futebol brasileiro.

“Não conseguimos evoluir muito por conta do calendário. Serve para todos os clubes, não apenas o Botafogo. Eu, particularmente, gosto muito de trabalhar algumas jogadas, mas é preciso repetição. Sofro muito com isso, pois tira a certeza que as coisas trabalhadas nos treinamentos vão ocorrer no jogo. Aí, o jogador acaba optando pelo mais simples e vira um jogo burocrático como você disse na pergunta”, finalizou.

Com o empate, o Botafogo chegou aos 7 pontos e se mantém na 16ª posição do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro volta a campo no sábado quando visitará o Corinthians, em São Paulo.

Fonte: UOL / Foto de Capa: Robson Mafra / AGIF


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: