Redes Sociais

Notícias

Autuori assume responsabilidade após derrota do Botafogo e explica substituições antes do intervalo

Publicado

em

Técnico ressalta que Botafogo fez um segundo tempo mais agressivo e rápido

Nove jogos, apenas nove pontos, seis empates, duas derrotas e só uma vitória do Botafogo no Campeonato Brasileiro. O último tropeço foi neste domingo em casa, diante do Vasco, derrota por 3 a 2. O técnico Paulo Autuori lamentou a atuação no primeiro tempo, no qual tirou Honda e Caio Alexandre antes mesmo do apito final, mas assumiu a responsabilidade pelo momento delicado na competição.

– Primeiro tempo nosso foi muito ruim e a responsabilidade em quando uma equipe não joga bem é minha como treinador. Não teve bem, não comento atuações individuais. No segundo tempo, melhoramos bastante em termos de atitude. Fomos muito mais agressivos, muito mais rápidos e criamos algumas situações, mas novamente cometemos erros da maneira como sofremos os gols. Então, isso aí, é meu trabalho e trago para mim, porque é assim que eu costumo fazer e, ao longo desse tempo de trabalho, não vai ser diferente agora – disse.

Uma atitude curiosa de Autuori chamou atenção: aos 42 minutos do primeiro tempo, pouco antes do intervalo, o técnico tirou Caio Alexandre e Honda para as entradas de Luiz Otávio e Rentería. O comandante explicou as escolhas durante a coletiva.

– Saíram porque eu achei que não estavam rendendo tudo aquilo que podem render. Não estavam agressivos, estavam cometendo erros de passe. Olha a quantidade de passes que erramos e a falta de agressividade, eu decidi fazer isso antes do intervalo e não fiquei preocupado com o tempo. Foi feito porque eu achava que precisava e já foi uma mensagem para o intervalo do jogo.

Com nove pontos, o Botafogo é o 17º colocado e está na zona de rebaixamento. O time volta a campo na próxima quinta-feira de novo contra o Vasco, mais uma vez no Estádio Nilton Santos. Porém, esse jogo será válido pela quarta fase da Copa do Brasil. No dia 23, as equipes voltam a se enfrentar na partida de volta em São Januário.

Outras declarações de Autuori:

Matheus Babi

– Mérito dele. A gente só observa o que acontece nos treinos e toma as decisões. Pedro Raul vinha bem, com uma média de gols boa. Matheus Babi quase fez o hat-trick, Fernando Miguel operou um milagre, mas ele ia fazendo o terceiro gol por mérito exclusivamente dele. Fernando Miguel fez outras defesas. Isso tudo aconteceu na segunda parte, não jogamos bem e, mesmo não jogando bem, tivemos chances suficientes de empatar. Num clássico, jogo sempre equilibrado, não podemos cometer certos erros, porque se paga caro.

Kalou

– Falei na preleção do jogo exaltando a atitude dele, assim como o Cavalieri, que sempre entra muito bem. São exemplos importantíssimos para nós. A parte positiva se perde na maneira como desperdiçamos 45 minutos e como sofremos os gols, mas assumo a responsabilidade e os problemas. Vamos tentar que não aconteçam nos próximos jogos e possamos dar um passo adiante na Copa do Brasil.

Fonte: Globoesporte.com / Foto de Capa: André Durão / GE


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: