Redes Sociais

Notícias

Autuori leva apenas advertência após ser denunciado por ofensa em entrevista

Publicado

em

Técnico foi denunciado pela procuradoria do STJD após críticas no clássico com o Flamengo

Em julgamento na noite desta segunda-feira, a 1ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu Paulo Autuori apenas com advertência. O técnico do Botafogo, que participou da sessão por videoconferência, foi denunciado pela procuradoria do Tribunal por ofensa em entrevista após clássico com o Flamengo.

Em seu depoimento, o comandante alvinegro destacou que a experiência e conhecimento nos 45 anos de carreira, boa parte longe do Brasil, o credenciam a omitir opiniões. Autuori esclareceu que sua fala não se direcionou a nenhuma entidade ou equipe específicas.

– Falei de maneira clara e ratifico minhas palavras, que, em função dos erros acontecerem da mesma maneira e serem empatizados em relação a alguns, dá a chance a uma suspeição. Não me referi especificamente àquele jogo. Eu falo de conceitos e, conceitualmente, falei o que queria ter dito. Não tiro uma palavra do que disse. Com 45 anos de trabalho e com parâmetros claros, me sinto no direito de emitir opiniões.

– Tudo que eu falei teve uma construção lógica. Quero dizer que os acontecimentos que têm ocorrido dão chances a que ocorra uma certa suspeição, porque ocorrem da mesma maneira. Falo de uma maneira abrangente. Minha visão é sistêmica, eu vejo o todo e não situações fragmentadas. Acho que o futebol brasileiro precisa dar espaço a mais debate – defendeu Autuori.

O advogado do clube, Aníbal Rouxinol, fez a defesa do técnico.

– Ofensa e desrespeito? Ele exerceu sua opinição sem nenhum um tipo de exagero. Entende que suas ponderações servirão para uma reflexão e não para uma opinião. É um absurdo o que ele falou? O VAR é um protagonista negativo do Campeonato Brasileiro, uma ferramenta que precisa de aprimoramento. A defesa pede a absolvição de Paulo Autuori de ambas as acusações – afirmou Rouxinol.

Presidente da 1ª Comissão, Alcino Guedes disse que não entendeu fala de Autuori como ofensa. Autuori foi absolvido no artigo 258 (conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva) e houve desclassificação da denúncia no artigo 243-F (ofensa) para o 258, com pena mínima convertida em advertência.

Em entrevista coletiva após o empate em 1 a 1 com o Flamengo, Autuori questionou o motivo da arbitragem ter sido chamada pelo VAR para assinalar o toque no braço de Marcelo Benevenuto, que resultou em pênalti para o rival. O técnico questionou a conjuntura do futebol brasileiro e afirmou que as atitudes contrárias ao Botafogo são suspeitas.

– Em nenhum momento, em nenhuma derrota, eu justifiquei com erros de arbitragem. Justifico com falta de eficiência ou eficácia da equipe que eu trabalho. Hoje, nós fomos eficientes, fomos eficazes, porque fizemos o gol, mas não conseguimos sair com a vitória. Nada a falar com relação à arbitragem e à interpretação e tudo a falar sobre a conjuntura do futebol brasileiro. É muito fraca e é suspeita, porque as coisas acontecem sempre da mesma maneira. Chega um momento que cansa – disse na ocasião.

Fonte: Globoesporte.com / Foto de Capa: Reprodução – Site do STJD


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: