Redes Sociais

Colunas

Barroca acredita no título do sub-20

Publicado

em

Mesmo depois do empate em casa por 1 a 1 com o Corinthians, na noite desta terça-feira, pela primeira partida da final do Campeonato Brasileiro Sub-20, o Botafogo mantém o otimismo na conquista do título inédito da competição. Para ser campeão, o Alvinegro vai precisar vencer o jogo da próxima terça, às 19h (de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo, ou empatar pelo menos por 2 a 2. Placar de 0 a 0 beneficia os paulistas, e novo 1 a 1 leva a disputa para os pênaltis. O SporTV transmitirá a decisão ao vivo, e o GloboEsporte.com vai acompanhar todos os lances em Tempo Real.

O técnico da equipe, Eduardo Barroca, analisou alguns pontos em que o time precisa evoluir para buscar o inédito troféu.

– O foco vai ser trazer o jogo para a nossa característica, que é o controle. Nossa equipe joga muito próxima, com muitos passes rápidos para frente. Em alguns momentos erramos e nos desestabilizamos com o gol que sofremos. Depois dos 10, 12 minutos, a gente voltou a ter o controle total, e o Corinthians mais se defendeu do que qualquer coisa. Fomos bem melhores, tivemos oportunidades depois, mas a bola não entrou. Precisamos trabalhar para jogar um segundo jogo que também vai ser equilibrado, mas que a gente consiga botar uma vantagem e ganhar, que é o que interessa para nós – explicou o comandante, que projeta um bom teste para seus jovens jogadores o fato de jogar com grande público na Arena Corinthians.

– O gramado é bom, e vai ser um fator novo toda essa questão externa para os meninos. Mas aí está o bônus de ter chegado até aqui. Se querem que esses meninos cheguem ao profissional, vivenciar isso é muito importante. A gente tem certeza que vai enfrentar um estádio cheio e vai ter que superar isso. Se quisermos ser campeões brasileiros, vamos ter que estar no nosso limite.

Diretor geral das categorias de base do Botafogo, Manoel Renha concorda que é possível conquistar o título fora de casa e crava que jogo da volta não vai ser 0 a 0.

– Vamos para buscar o título, chegamos até aqui e vamos para cima.  A primeira meta é formar jogadores para os profissionais, mas se der para disputar títulos nós vamos sempre. Eles têm a vantagem de jogar em casa, mas acho que o jogo não vai ser 0 a 0 não, vai ter gol – afirmou.

Após a partida, o zagueiro Marcelo e o volante Bochecha já se encaminharam para a concentração do time profissional, que nesta quarta-feira enfrenta o Santos às 19h30 (de Brasília), na Arena Botafogo, pela 25ª rodada Campeonato Brasileiro. Barroca elogiou a atuação do defensor e se mostrou satisfeito com o aproveitamento da dupla no time de cima, mas não esconde que há um certo prejuízo por não participarem de toda a preparação para a final.

– Achei que ele fez um bom jogo, é um jogador maduro, que está adaptado à nossa forma de jogar, mas praticamente nas duas últimas semanas não esteve com a gente treinando. Ele desceu do profissional direto, jogou e está voltando à concentração do time profissional contra o Santos. Isso é um pouco ruim porque ele não participa da preparação, mas em contrapartida é muito bom ver um jogador que você está maturando nesse processo final da formação dele. Ter essa oportunidade que ele está tendo no time de cima, e acho que nosso trabalho tem que ser esse. Colocar esses jovens no processo final de suas formações nas melhores condições de servir a equipe de cima – encerrou.

Fonte: globoesporte.com.br/botafogo


1 Comment

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: