Redes Sociais

Notícias

Botafogo aprova “fórmula Honda” e espera acordo com Yaya Touré ou Obi Mikel após pandemia

Publicado

em

Clube interrompe momentaneamente conversas por conta da crise provocada pelo coronavírus, mas espera contratar outra estrela internacional nos mesmos moldes do acordo com o japonês

Quando a pandemia passar e o futebol voltar, o Botafogo quer ter mais uma estrela internacional no elenco. A diretoria aprovou os primeiros meses de parceria com o meia Keisuke Honda e espera repetir a “fórmula” com outro jogador conhecido dentro e fora do Brasil. Depois da crise, o clube retomará as conversas com Yaya Touré e Obi Mikel.

Na verdade, a prioridade dos cartolas alvinegros segue sendo o volante marfinense, que ficou próximo de fechar acordo antes da pausa forçada do calendário. O nigeriano Mikel é tratado como outro jogador que entregaria qualidade e visibilidade a General Severiano.

– Ricardo (Rotenberg, vice-presidente) fala com Yaya normalmente. Ficou combinado aguardar o controle dessa pandemia para começar a voltar a viver normalmente. Quando voltasse aos treinos, teríamos uma conversa definitiva, mas ele está doido pra vir – disse o Carlos Augusto Montenegro em entrevista ao jornalista Jorge Nicola.

– Na hora que melhorar o clima, os jogos voltarem, vamos trazer um jogador do nível do Yaya. O Rotenberg citou o Robben, mas já parou de jogar, esses outros não. Vamos trazer alguém com a ajuda do torcedor. O Obi Mikel não tem o ibope do Yaya, Robben, Honda, mas seria um homem muito importante no meio. Temos um time muito jovem, nossa ideia é mesclar com essas peças experientes que trazem um refinamento – completou o membro do comitê de futebol.

O Botafogo vê como positiva a resposta à contratação do japonês Honda e, por isso, quer repetir a dose. O modelo do negócio da nova contratação seria o mesmo assinado com o japonês: para compensar o salário dentro da realidade do clube, a diretoria oferece, em troca, participação em patrocínios, ações de marketing e crescimento do número de sócios-torcedores.

Nesse modelo, o camisa 4 aceitou receber dentro do teto estabelecido pelo Alvinegro para esta temporada. Com Yaya, no entanto, o clube precisou do apoio de investidores na última proposta que fez, entre eles os torcedores ilustres Felipe Neto e Marcelo Adnet. Enquanto o coronavírus impede o retorno dos jogos e da rotina normal, as partes aguardam pela nova realidade pós-pandemia.

Fonte: Globoesporte.com


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: