Redes Sociais

Notícias

Botafogo coloca Ronald como primeira opção e Túlio explica desistência por Bismark

Publicado

em

Novo gerente de futebol diz que atacante do Botafogo-SP “é primeiro nome na lista” e destaca desejo do atleta de vir para o Rio; limite de inscrições na CBF faz clube frear busca por reforços

Depois da contratação do meia Éber Bessa, o Botafogo dá um passo atrás no mercado e foca em apenas um nome no momento: o atacante Ronald, do Botafogo-SP. Em entrevista ao GE, o gerente de futebol Túlio Lustosa explicou que também é desejo do jogador de 23 anos defender o clube carioca.

– O Ronald é o primeiro nome que tentamos buscar e estamos tentando ainda, conversando com o Botafogo-SP para tentar um acordo. O atleta quer vir muito jogar no Botafogo e espero que a gente entre num acordo o mais rápido possível. Ruim quando vaza um nome, porque pode mudar tudo, já apareceram outros clubes de série A interessados no Ronald. Já conversei com o pai do atleta e ele tem o desejo de vir. O formato dessa negociação será discutido com o Botafogo-SP e estamos respeitando isso. Tem que ser um negócio bom para os dois clubes e para o atleta – disse Túlio.

O dirigente não deu detalhes sobre os termos tratados com o xará de Ribeirão Preto, mas o GE apurou que existem duas possibilidades: Ronald vir em definitivo, com o Botafogo-SP mantendo parte dos seus direitos ou o atacante renovar por mais uma temporada com o clube paulista e vir por empréstimo. Ele tem contrato até maio de 2021 e poderia assinar pré-contrato com outro clube a partir do mês que vem.

Outro assunto abordado por Túlio Lustosa foi a desistência da contratação de Bismark. O atacante estava acertado com o Botafogo, mas o limite de inscrições na CBF fez o clube dar um passo atrás nas contratações.

– O Bismark, nossa desistência não foi pela repercussão nas redes sociais. Foi porque não temos mais como inscrever atletas até que a CBF libere um número maior de inscritos. Só temos mais uma vaga e essa contratação, a princípio, é o Ronald. Se não conseguirmos, passaremos para outros nomes da lista. Temos que tomar cuidado, porque foram veiculadas várias notícias falsas sobre o Bismark. Eu nunca vou contratar um atleta sem pesquisar e essa pesquisa é feita com profissionais do futebol. Tenho um relacionamento grande no meio do futebol, fui pesquisar com vários profissionais, mas também não era minha primeira opção.

– Sabemos que todo atleta que volta do “Mundo Árabe” tem o risco do preparo físico. O Bismark teve muito sucesso lá, jamais o Botafogo teria condição de pagar o salário que ele tem hoje. Depois da pandemia, ele não quer voltar para lá. No momento em que foi oferecido, ele viria numa condição livre, rescindiria lá, mas depois a conversa mudou e ele viria por empréstimo com valor estipulado e o Botafogo poderia exercer opção de compra. Várias coisas aconteceram, mas o principal foi a quantidade de atletas inscritos pelo Botafogo já na CBF – explicou Túlio.

Outros assuntos:

Éber Bessa

– O Éber foi a primeira contratação depois que cheguei. Um atleta que estava há alguns anos no futebol português e tinha a oportunidade de continuar em Portugal, com uma proposta também da Turquia. Preferiu vir para o Botafogo, tenho certeza que vai nos ajudar muito – acrescentou.

Reintegração de Cícero, Lucas Campos e Helerson

– Não aceito afastar um atleta sem motivo concreto. Se o atleta cometeu ato de indisciplina, se está sendo desagregador, tem falto de comprometimento, ou algo assim, a gente afasta por justa causa. No caso desses atletas, fiquei incomodado quando cheguei, procurei saber o motivo e qual era o comprometimento deles com o grupo e só foram elogios. Foram reintegrados a meu pedido e espero que eles correspondam a essa nova oportunidade.

Fonte: GE / Foto de Capa: José Bazzo – Agência Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: