Redes Sociais

Notícias

Botafogo cria, mas desperdiça chances e segue sina de empates no Brasileiro

Publicado

em

“A maneira como nós deixamos de ganhar o jogo é inaceitável”. A frase foi do ex-técnico Paulo Autuori, após o duelo com o Athletico-PR, mas pode ser apontada para dar o tom da sina de empates que o Botafogo atravessa no Campeonato Brasileiro. Diante do Goiás, ontem (19), no Nilton Santos, a imposição em campo e os números superiores em diversos quesitos não foram suficientes para que a equipe alvinegra deixasse o campo com os três pontos.

O resultado — a décima igualdade no placar em 17 partidas na competição — fez com que o Glorioso permanecesse nos arredores da zona de rebaixamento, somando apenas três pontos a mais que o Furacão, primeiro clube a figurar na zona de degola.

O Botafogo, inclusive, além do lanterna Esmeraldino, também empatou com os outros três times que atualmente ocupam a zona de descenso à série B: Red Bull Bragantino, Coritiba e Athletico-PR.

Ao todo, foram 62% de posse de bola e 23 finalizações, por exemplo. Mesmo que de uma maneira mais contida, Bruno Lazaroni não escondeu a decepção após o resultado em casa no jogo de ontem à noite. Agora, o comandante visa aproveitar a semana cheia que terá pela frente para fazer com que a resposta em campo seja positiva contra o Cuiabá, pela Copa do Brasil — o primeiro duelo válido pelas oitavas de final do torneio de mata-mata será na próxima terça-feira (27).

Esse, por sinal, será o maior período que o técnico terá para trabalhar com o time. Desde que assumiu, no dia 2, foram cinco jogos — contra Fluminense, Palmeiras, Sport, Grêmio e Goiás.

“Temos muito a lamentar esse empate. Saímos insatisfeitos, incomodados por não vencer o jogo em casa, mas nos resta trabalhar para, no jogo com o Cuiabá, fazer mais e melhor”, disse.

Fonte: UOL / Foto de Capa: Reprodução – Premiere


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: