Redes Sociais

Notícias

Botafogo dá mais espaço à base e planeja elenco menor e mais eficiente para o Brasileirão

Publicado

em

Diretoria aposta em mais qualidade com reforços e quer enxugar grupo para o campeonato. Luiz Antonio desiste de voltar ao Brasil e clube avalia outros nomes para o meio de campo

A torcida do Botafogo só tem olhos para os reforços, mas a diretoria trabalha em outra frente para cortar custos. O elenco alvinegro passa por reformulação também com saídas na tentativa de deixar o grupo menor e mais eficiente para a disputa do Campeonato Brasileiro.

A ideia do comitê de futebol e da comissão técnica é que o plantel diminua em número, mas cresça em qualidade. É o que se espera com a chegada dos reforços já confirmados, os atacantes Salomon Kalou e Matheus Babi e dos outros três jogadores com situações encaminhadas: os laterais Victor Luis e Kevin e o zagueiro Rafael Forster.

Para abrir espaço para esses atletas, o clube providenciou algumas saídas, seja por dispensa ou negociação. Os casos mais recentes são o zagueiro Carli, o volante Alex Santana e o atacante Igor Cássio. Antes, um grupo de seis atletas foi liberado para procurar outras equipes.

Até mesmo contratados nessa temporada entram na mira como o volante Thiaguinho, devolvido ao Corinthians. O atacante Warley também é mal avaliado e pode sair. A diretoria tenta diminuir o custo da folha salarial (atualmente em mais de R$ 2 milhões) ao mesmo tempo em que busca dar outras opções para o técnico Paulo Autuori montar o time.

Luiz Antonio desiste de voltar ao Brasil

O planejamento era fechar o ciclo de contratações com seis reforços, mas uma das conversas não foi para frente. O volante Luiz Antonio, hoje nos Emirados Árabes, desistiu de voltar ao Brasil. O Botafogo, que considerava a negociação avançada, ainda avalia outros nomes, mas deve recuar no mercado por hora.

Mesmo assim, o elenco será fechado com, ao menos, duas opções consideradas competitivas por posição, dentro da realidade financeira. Para completar o grupo, a solução será a base. Durante a pausa do calendário, é considerável a presença de atletas do sub-20 e até do sub-17, como o atacante Matheus Nascimento.

É um movimento do clube para integrar as diferentes categorias do futebol alvinegro, tanto que o técnico do sub-20, Marcos Soares, está no dia a dia do Nilton Santos com a comissão liderada por Autuori. Ao mesmo tempo, a diretoria tenta driblar a dificuldade nas finanças que não permite um grupo mais encorpado.

Fonte: Globoesporte.com / Foto de Capa: Vitor Silva / Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: