Redes Sociais

Colunas

Botafogo é derrotado na Liga Ouro e série fica empatada em 1×1

Publicado

em

Nem o barulho das arquibancadas, nem a marcação do Botafogo. Nada foi capaz de parar Felipe Vezaro e André Bambu. Calibrada, a dupla combinou para 40 pontos nesta quinta-feira para dar a vitória ao Joinville diante do Alvinegro, 76 a 68, igualando a série da final da Liga Ouro em 1 a 1. A decisão deixa o Sudeste e agora vai para o Sul. No domingo, no Centreventos Cau Hansen, em Joinville, às 11h, as equipes se encontram pelo jogo 3. Quem vencer fica a uma vitória da conquista e da vaga no Novo Basquete Brasil na próxima temporada. O jogo 4, também no Sul, será na terça-feira, às 20h.

Com postura bem diferente do jogo 1, Joinville foi senhor do jogo em todos os momentos. Liderou desde o primeiro quarto, quando André Bambu foi o destaque. Daí em diante, Felipe Vezaro chamou a responsabilidade. Ele terminou o jogo com 23 pontos, três rebotes e três assistências. Bambu acabou a partida com 17 pontos. Outro destaque foi o jovem Maxwell, com 18 pontos. Na armação, Socas teve 11 assistências e sete rebotes.

Já no Alvinegro, abaixo na marcação e também no aproveitamento dos arremessos, o americano Jamaal não se escondeu. Foi o cestinha do jogo com 30 pontos. Arnaldinho marcou outros 17. Os dois foram os únicos com dígitos duplos de pontuação. Rebotes e assistências também não funcionaram e o único destaque defensivo foi Abner, com nove rebotes.

Precisando da vitória, Joinville começou o duelo com dinâmica diferente do jogo 1. Pressionando na marcação e escolhendo melhor os chutes, os visitantes abriram 13 a 4 nos primeiros cinco minutos, com bom aproveitamento do experiente André Bambu. Mesmo empurrado pela torcida, o Botafogo não encontrava a cesta, seja pela má construção ofensiva ou como no desperdício de Feliz, que errou o tapinha sozinho. Jamaal ainda tentou trazer a equipe ao jogo com cinco pontos seguidos, mas Bambu meteu bola de três, chegou aos 12 pontos e liderou os visitantes na vitória parcial por 25 a 15.

Apostando no banco, o Botafogo voltou bem melhor no segundo período. Em dois minutos, com quatro pontos de Arnaldinho, trouxe a diferença para 28 a 21 e fez a galera acordar em General Severiano. A energia das arquibancadas incendiou o time em quadra. Arnaldinho seguiu acelerado, foi para a bandeja e em seguida meteu bola de três. Ao trazer a desvantagem para 34 a 31, beijou o escudo do Alvinegro e fez Joinville pedir tempo na metade do quarto. A escalada dos cariocas trouxe André Bambu de volta à quadra. Ele chegou aos 17 pontos, e os visitantes mataram duas bolas de três para terminar o primeiro tempo à frente por 44 a 36.

Chamando a responsabilidade, Jamaal meteu oito pontos em quatro minutos, mas o Botafogo pecava defensivamente. Foi o próprio americano, inclusive, quem cometeu falta antidesportiva em Vezaro, que bateu o lance livre e ainda teve a posse de bola para alcançar os 14 pontos e colocar 56 a 46 para Joinville. Os minutos passavam e a torcida do Botafogo perdia a paciência. Se precisava buscar o placar lá na frente, o Alvinegro se esquecia de marcar e via o rival manter a ponta após o fim de mais um período: 62 a 53.

O último período começou agitadíssimo. Jamaal meteu bola de três e antes já havia conseguido cesta e falta. Do outro lado, Vezarinho distribuía bem o jogo e Socas chegava a nona assistência para o Joinville. No minuto três, Arnaldinho colocou bola de fora do perímetro, trazendo a diferença para 64 a 62, mais que suficiente para contagiar os alvinegros. Um minuto depois, Abner, no tapinha, empatou o jogo em 64 a 64, e o Botafogo esteve em igualdade pela primeira vez desde o quarto inicial. Só que do outro lado, Felipe Vizaro estava com a mão calibrada. E meteu duas cestas seguidas para fazer 69 a 64 faltando três minutos. Dali em diante, o Botafogo pressionou, mas seguiu pecando nos arremessos, enquanto Joinville escolhia os certeiros para vencer por 76 a 68.

Fonte: Globoesporte.com


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: