Redes Sociais

Colunas

Botafogo e FERJ conversam sobre manutenção da Arena

Publicado

em

Aconteceu na tarde desta terça-feira a primeira reunião entre o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, e o da Ferj, Rubens Lopes, sobre a possibilidade de manter a Arena da Ilha do Governador em 2017. Os dirigentes se encontraram na sede da federação, na Zona Norte do Rio de Janeiro, mas, segundo o GloboEsporte.com apurou, não houve nenhum avanço efetivo. O interesse de ambas as partes segue vivo. Porém, o Alvinegro, que estuda um projeto a longo prazo com a Portuguesa, busca parcerias privadas para cobrir as despesas do estádio, uma vez que terá de volta o Estádio Nilton Santos para jogos a partir do ano que vem.

A Portuguesa se antecipou e, na semana passada, realizou uma reunião interna para aprovar a intenção de alugar a sua casa por mais três anos, com a opção de renovação por outras três temporadas, e a preferência é do Alvinegro. A Ilha do Governador ficaria como opção para jogos menores, com baixa expectativa de público. Atualmente, a Arena tem a autorização do Corpo de Bombeiros para receber 15 mil pessoas. O Engenhão, por sua vez, tem 45 mil de capacidade.

O Botafogo investiu R$ 5 milhões no estádio nesse ano para instalar as arquibancadas provisórias, além de reformas no campo. No entanto, o clube teve outros gastos para reformar a estrutura do local, o que calcula-se em outros R$ 5 milhões. Se a parceria for renovada, o gramado, alvo de muitas reclamações de jogadores, será todo trocado.

Nesse ano, o Botafogo fez dez partidas na Arena Botafogo, com sete vitórias, um empate e duas derrotas, um aproveitamento de 73,3%. A torcida também comprou a ideia, e a média de público na Ilha é de 9 mil por jogo.

Fonte: globoesporte.com.br/botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: