Redes Sociais

Colunas

Botafogo e Montillo tem reunião para definir o futuro

Publicado

em

Botafogo e Montillo têm reunião marcada na tarde desta quarta-feira, em encontro que pode deixar encaminhado o futuro do argentino no clube. O meia foi liberado do treino pelo segundo dia seguido e não deve aparecer no Nilton Santos, mas sim em General Severiano, onde vai realizar um exame de imagem na panturrilha direita e conversar com diretoria e equipe médica alvinegra. Segundo divulgado pelo “Lance!”, o jogador, de 33 anos, já cogitou pedir uma rescisão amigável dependendo da gravidade da lesão, que seria a sua quinta em seis meses.

O GloboEsporte.com apurou que, apesar de nunca ter aceitado a devolução de salários, o Botafogo internamente considera a possibilidade de rompimento do contrato, desde que o distrato parta do camisa 7. Um dirigente mais próximo do caso que preferiu não se identificar, porém, analisa que ainda é muito prematuro falar em rescisão.

Depois de ter ficado apenas sete minutos em campo no jogo contra o Avaí, na última segunda-feira, no Nilton Santos, Montillo ficou desolado. Chegou a se arrumar e se dirigir para ir embora junto com seus familiares, mas foi buscado por dirigentes no estacionamento. O meia precisava voltar porque foi sorteado para o exame antidoping.

Acabou ficando até o fim da partida, mas deixou o estádio por um portão alternativo, sem passar pela zona mista, onde estava a imprensa. O camisa 7 deixou claro para pessoas próximas que está muito chateado consigo mesmo, principalmente porque voltava a campo como titular depois de três meses fora. Ele atuou em só 18 jogos no ano, tem um gol marcado em amistoso, e contrato até dezembro de 2017.

Se confirmada a lesão, esta será a terceira na panturrilha direita, o que poderia ser um problema crônico. Na última sequência em que desfalcou o time, Montillo lesionou a coxa no dia 2 de abril, contra o Resende. Durante a recuperação, machucou a panturrilha. No total, ficou mais de dois meses fora. Tempo suficiente para ser questionado em redes sociais por torcedores, que o o acusaram de “estar roubando” o Botafogo.

Incomodado, o argentino ofereceu devolver ao clube os salários de abril e maio, mas a diretoria não aceitou. O camisa 7 foi a maior contratação do clube para a temporada, mas depois de três temporadas no futebol chinês vem tendo dificuldades de adaptação ao calendário brasileiro e não conseguiu até o momento corresponder em campo.

O novo problema de Montillo não poderia vir em um pior momento. De fato, o Botafogo terá uma das sequências mais importantes do ano. Nos próximos dias, em ordem, os adversários serão Atlético-MG (quartas da Copa do Brasil), o líder Corinthians (Brasileirão) e Nacional-URU (oitavas da Libertadores). Os três jogos fora de casa.

– Estamos em um dos momentos mais importantes do ano. Nosso grupo é enxuto. O momento é de tristeza. Agora não dá para falar a gravidade da lesão. Mas não parece ser nada leve. Preocupa – lamentou o técnico Jair Ventura.

Fonte: globoesporte.com.br/botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: