Redes Sociais

Notícias

Botafogo paralisa ajustes no futebol após morte de Valdir Espinosa

Publicado

em

Com o calendário do futebol mundial paralisado por conta da Covid-19, o Botafogo congelou ajustes previstos na cúpula de futebol e aguarda o desenrolar da crise para agir de forma mais efetiva. Com a perda do gerente Valdir Espinosa, morto no dia 27 de fevereiro deste ano, o clube viu o posto vago e analisou cenários para a reposição. Com a pandemia em curso, no entanto, não está definido se o cargo voltará a ser ocupado.

Existe a possibilidade de a função ser executada até pelo técnico Paulo Autuori, que seria ajudado pelo auxiliar Renê Weber nesta dupla função de cuidar do campo e das questões de bastidores.

Caso esta seja a solução adotada, a tendência é que a dupla receba o reforço de um novo integrante para a comissão técnica. A medida aliviaria Autuori e Weber do desgaste causado por esta possível nova estrutura.

Com esta real possibilidade, a busca do Alvinegro seria por um profissional com ideias alinhadas ao comando técnico. Assim, Autuori delegaria mais as funções do dia a dia.

Além desta questão, o Bota corre contra o tempo para renovar com atletas que estão nos planos e têm contrato apenas até dezembro. Três deles são prioridades: Marcelo, Marcinho e Caio Alexandre. A diretoria já abriu as conversas com os jogadores e a expectativa é que tudo possa ser resolvido até mesmo antes de a bola voltar a rolar.

De acordo com Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), o futebol carioca está paralisado até 30 de abril. O clube deu férias antecipadas a seus atletas em meio à indefinição para ganhar tempo.

Fonte: UOL

Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: