Redes Sociais

Notícias

Botafogo perde jogadores do mesmo setor, mas não deve contratar reposição

Publicado

em

As recentes despedidas de Bochecha e Alex Santana, além do futuro de Cícero ainda ser incerto, fizeram o Botafogo analisar possibilidades no mercado da bola, mas em um primeiro momento, a diretoria “puxou o freio” e não deve olhar nomes para reforçar o setor à frente da zaga.

O Alvinegro negociou os volantes Bochecha, que foi para o Juventude e Alex Santana, que acertou com o Ludogorets, da Bulgária. Já o experiente Cícero, apesar de regularmente sendo usado pelo técnico Paulo Autuori, era tido como fora dos planos da cúpula, que alegava salários não compatíveis com a realidade financeira do clube.

Atualmente, além do já citado Cícero, há mais dois nomes para o setor: os jovens Luiz Otávio e Caio Alexandre, que vem sendo titular compondo o meio de campo com Honda e Bruno Nazário.

Pouco após a negociação por Alex Santana avançar, a diretoria chegou a fazer sondagens por alguns jogadores, entre eles, Luiz Antonio que defendeu o Flamengo e estava no Baniyas, dos Emirados Árabes Unidos, mas não foi à frente no assunto, que pode ficar de lado agora enquanto o clube tenta enxugar a folha salarial.

Por outro lado, Autuori já demonstrou que pode utilizar mais de um esquema tático no decorrer das partidas e ter opções para permitir essa fluidez seria importante.

Na retomada do Campeonato Carioca após a paralisação devido à pandemia de coronavírus, por exemplo, o treinador usou o 3-5-2 e o 4-3-3 em testes que fez no time.

Fonte: UOL / Foto de Capa: Vitor Silva / Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: