Redes Sociais

Notícias

Botafogo quer mudar perfil do elenco com novos reforços e busca volante para fechar “pacotão”

Publicado

em

Clube tem uma das menores médias de idade da série A com um grupo repleto de jovens da base ou recém-promovidos. Por isso, diretoria quer ganhar experiência e liderança com contratações

Mais do que reforços para posições específicas, o Botafogo busca no mercado experiência e perfil de liderança para se recuperar no Campeonato Brasileiro. Com acerto próximo com o meia Éber Bessa, o clube procura outros nomes no mercado que aumentem não só a concorrência, mas a média de idade de um elenco muito jovem.

A contratação mais próxima de ser a primeira da gestão Túlio Lustosa segue essa linha: Éber tem 28 anos e experiência como camisa 10 no exterior. Antes da chegada do novo gerente, o clube também contratou Kelvin, de 27 anos. Outro nome analisado é o do atacante Bismark, de 27 anos, que estava no futebol árabe.

Em negociação com outro atacante, Ronald, do Botafogo-SP, o Bota busca ao menos mais um volante para dar mais opções ao técnico Bruno Lazaroni. Foi cogitado Juninho, de 32 anos, mas o atleta renovou recentemente com o América-MG, que não vai facilitar a saída.

A ideia da diretoria é seguir esse perfil e trazer um volante mais experiente.

Do pacotão de reforços que o Botafogo pretende anunciar nos próximos dias, apenas Ronald é mais jovem, 23 anos, mas foi formado no Internacional e tem passagem pelo futebol português, no Boavista. Está no Botafogo-SP desde 2019 e tem 3 gols em 11 jogos nesta série B.

Do time que entrou contra o Palmeiras na última quarta-feira, apenas quatro jogadores tinham mais de 25 anos: Diego Cavalieri, Victor Luis, Rafael Forster e Honda. Se o banco de reservas também for contabilizado, o número sobe para oito: Rentería, Guilherme Santos, Kalou e Kelvin. Isso em um grupo de 23 relacionados.

O Botafogo é um dos times com menor média de idade da série A e tem um elenco repleto de jovens da base ou recém-promovidos. Alguns titulares têm sequência no Brasileirão pela primeira vez, como Kanu, Caio Alexandre, Matheus Babi e Pedro Raul.

Os titulares mais experientes do time, Honda e Kalou, são estrangeiros jogando no futebol brasileiro pela primeira vez. Por isso, a diretoria busca jogadores que não só disputem posição, mas deem mais “casca” e cobrança interna dentro do elenco.

Fonte: GE / Foto de Capa: Vitor Silva – Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: