Redes Sociais

Notícias

Botafogo renova com destaques, mas deve perder Marcinho e Fernando de graça

Publicado

em

O Botafogo iniciou a atual temporada com alguns jovens valores oriundos das categorias de base no último ano de contrato. As conversas se iniciaram bem cedo e não houve sucesso em todas as frentes. O Alvinegro conseguiu ampliar o vínculo de duas joias de General Severiano: Caio Alexandre e Marcelo Benevenuto. Por outro lado, deverá perder Marcinho e Fernando, em dezembro, sem receber nenhuma quantia.

O primeiro a dizer sim foi Caio Alexandre, que teve uma ascensão meteórica em 2020. Logo em seu ano de estreia como profissional, o volante tinha que mostrar serviço por estar em fim de contrato. Começou no fim da fila, mas mostrou qualidade nas oportunidades e subiu degrau a degrau até barrar Cícero e virar titular.

Com moral, não demorou para chegar a um acordo com o Alvinegro e assinar novo vínculo por mais dois anos. “Renovei até o fim de 2022, o que é bom, porque quero ficar muito tempo aqui e conquistar muitas coisas com o Botafogo”, disse na época em que o contrato foi ampliado.

Marcelo viveu situação diferente. Ele está no clube há vários anos e encontrava dificuldade para ser titular, já que Carli, que joga na sua posição, era incontestável. Porém, o zagueiro de 24 anos conseguiu ter sequência no time principal desde o ano passado e virou peça fundamental no elenco.

O Botafogo soube reconhecer o valor de Marcelo e valorizou o jogador. O novo contrato vai até o fim de 2023 e terá aumento salarial progressivo. O clube entende que se trata de um jogador inestimável e espera ficar com ele nesse período. “Estou muito feliz e motivado com essa renovação por mais três anos. Quero retribuir dentro de campo. Espero que essa pandemia passe logo para voltarmos a dar alegrias à torcida. Aqui é Fogão!”, disse.

Marcinho e Fernando devem sair sem custo

O lado ruim das negociações ficou para a lateral direita. Marcinho chegou a ser convocado para a seleção brasileira pelo técnico Tite e se valorizou. O estafe do atleta entende que o Botafogo não poderá pagar o que ele entende que merece receber. Além disso, uma mudança de ares é bem vista pelo atleta, que é perseguido por parte dos botafoguenses.

A situação de Fernando é um pouco diferente. Perto do fim do atual vínculo e podendo assinar pré-contrato com outra equipe a partir de junho, o lateral direito interessa a um grande clube da Europa. O Porto tem como objetivo levá-lo para a equipe B e fazer uma transição natural para o elenco principal.

Evidentemente que o cenário agrada em cheio Fernando. O jogador gostaria que o Botafogo fosse recompensado, mas tem a informação de que a transação só acontecerá caso seja um jogador livre no mercado da bola. Assim, não deverá renovar com o Alvinegro para abrir caminho para os portugueses.

Fonte: UOL


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: