Redes Sociais

Colunas

Botafogo tem menos de 24h para contratar um lateral

Publicado

em

O Botafogo se divide agora entre Libertadores e Copa do Brasil. Na quarta-feira, o time estreia na competição mata-mata contra o Sport, às 21h45 (de Brasília), no Nilton Santos, pelo duelo de ida das oitavas de final. A diretoria segue atrás de um lateral-direito no mercado, mas o problema é que o clube só tem até esta segunda-feira para regularizar os jogadores que vão participar do torneio. Quem já faz parte do elenco pode ser utilizado, porém, reforços só poderão ser inscritos se tiverem seus nomes publicados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até o fim do dia. Ou seja, o Alvinegro tem menos de 24 horas para correr.

Na última sexta-feira, participando de um evento para alvinegros em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro, o presidente Carlos Eduardo Pereira revelou estar negociando com alguns jogadores para ser o novo lateral-direito do clube. Os nomes são mantidos em sigilo, mas o GloboEsporte.com apurou dois que interessam ao clube: Tiago Cametá, do Ceará, e Nino Paraíba, da Ponte Preta. O primeiro, de 24 anos, tem o respaldo de Jair Ventura e já havia sido alvo ano passado, na época da contratação de Alemão. E o segundo, de 31, agrada a comissão técnica tanto pela experiência quanto pela regularidade.

Enquanto isso, Jair foi buscar uma alternativa na base. Fernando Costanza, de 18 anos, titular do time sub-20 alvinegro que foi campeão carioca e brasileiro no ano passado, vai ser integrado aos profissionais no treino desta segunda-feira e tem chance de aproveitado na Copa do Brasil diante da carência do setor. Jonas e Marcinho fizeram cirurgias para reconstruir ligamentos dos joelhos e só devem voltar em 2018. Luis Ricardo, por sua vez, está recuperado e já vem treinando sem dores no tornozelo operado, mas precisa de ritmo de jogo e readquirir confiança.

– A gente precisa de um lateral, não adianta cobrar essa situação do Fernandes. Acabamos sofrendo os dois gols pelo lado direito. A gente está tentando, buscando. Você consegue fazer dois, três jogos improvisando, mas todo o ano sem jogador de ofício é complicado. Vamos trazer o menino do júnior, ficar com a gente, vamos ver. A base vem formando muitos atletas, mas são safras. Em uma forma mais atacantes, volantes… Nem sempre consegue municiar o profissional na posição que necessita. Adoro a base, joguei com 12 garotos contra o Vasco. A gente olha primeiro lá, se não tem vai ao mercado – disse Jair após a derrota para o Flamengo domingo.

Enquanto isso, quem segue treinando no clube é Maicon. O experiente lateral-direito, de 35 anos, está desde o início do mês recuperando sua forma física no Botafogo e vem impressionando a comissão técnica e dirigentes pela evolução física, apesar de estar há um ano sem jogar. Carlos Eduardo Pereira chegou a dizer que o ala não tinha o perfil que a diretoria busca, mas internamente há uma corrente favorável à ideia e que tenta convencer o presidente da aposta. Após se despedir do Carioca, o Alvinegro se reapresenta na tarde desta segunda, no Nilton Santos.

Fonte: globoesporte.com.br/botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: