Redes Sociais

Colunas

Botafogo venC mais um

Publicado

em

O Botafogo manteve a boa fase no Campeonato Brasileiro e nesta quarta-feira venceu por 1 a 0 o clássico contra o Fluminense, no estádio Luso Brasileiro. Com o resultado, os alvinegros chegaram a 32 pontos e se afastaram da zona de rebaixamento. Já os tricolores permanecem com 34 e desperdiçaram chance de encostar no G4 da Série A.

No primeiro tempo, as duas equipes sofreram com a marcação adversária e pouco produziram no setor ofensivo. Já na etapa final, o Botafogo veio mais atento e marcou logo no início, com Neilton, para dar a vitória aos alvinegros.
Publicidade

Na próxima rodada, o Botafogo vai reencontrar o Cruzeiro, no domingo, desta vez em Belo Horizonte. Na segunda-feira, será a vez do Fluminense entrar em campo, contra o Atlético-MG, em Edson Passos.

O jogo – A partida começou com o Botafogo buscando pressionar o Fluminense, mas os tricolores conseguiam avançar nos contra-ataques. A primeira chance de perigo aconteceu aos 11 minutos, em um lance sem pretensão. Wellington tentou o cruzamento, mas viu a bola ir no travessão de Sidão.

O único lance de perigo mostrou como estava a partida. O Fluminense tinha mais qualidade quando estava com a posse de bola, mas pouco incomodava Sidão. O Botafogo, com mais posse, sofria com os erros no setor ofensivo.

No meio do primeiro tempo, ao cobrar um tiro de meta, o goleiro Diego Cavalieri sentiu um problema muscular e acabou substituído por Julio Cesar. O Fluminense voltou a criar boa jogada aos 29 minutos, quando Wellington Silva cruzou pela direita, mas Samuel não chegou a tempo para finalizar.

O Botafogo só conseguiu assustar aos 38 minutos. Após cobrança de lateral na área, Camilo, mesmo sem ângulo, chutou forte no travessão de Julio Cesar. A resposta do Fluminense veio somente nos acréscimos, em cabeceio de Henrique que parou em fácil defesa de Sidão. Com isso, o clássico foi para o intervalo com o placar inalterado no Luso Brasileiro.

No segundo tempo, o Botafogo voltou com mais vontade e abriu o placar logo aos quatro minutos. Após bola na área, Bruno Silva tocou, a bola quicou, passou sobre Henrique e chegou para Neilton apenas finalizar para a rede.

O Fluminense não desanimou com o revés e passou a buscar o ataque com mais intensidade. Tanto que aos 14 minutos, Cícero tocou para William Matheus, que acertou a trave de Sidão. No rebote, Gustavo Scarpa tentou a finalização, mas parou na zaga alvinegra. Nos contra-ataques, o Botafogo respondeu em seguida em chute de longe de Sassá que quase enganou Julio Cesar. Para a sorte do goleiro tricolor, a bola quicou e bateu em seu rosto.

Com o passar do tempo, os alvinegros conseguiu segurar os ataques do Fluminense e controlou a posse de bola. Com isso, o Botafogo impedia os avanços dos tricolores e trocava passes no setor ofensivo. A equipe das Laranjeiras só voltou a criar boa chance aos 36 minutos, em chute de longe de Wellington Silva.

Nos minutos finais, o Fluminense voltou a pressionar em busca do empate, mas parou na retranca alvinegra. Assim, o Botafogo conseguiu sair com mais uma vitória dentro de casa no Cammpeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO-RJ 1 X 0 FLUMINENSE-RJ

Local: Arena Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 7 de setembro de 2016, quarta-feira

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (ambos do PR)

Renda: R$ 323.060,00

Público: 9.211 pagantes

Cartões amarelos: Joel Carli, Diego, Sidão e Victor Luís (Botafogo); Edson e Pierre (Fluminense)

GOL

BOTAFOGO: Neilton, aos 4min do segundo tempo

BOTAFOGO: Sidão, Diego (Marcelo), Emerson Silva, Joel Carli e Diogo Barbosa; Aírton (Victor Luís), Bruno Silva, Dudu Cearense e Camilo; Neilton e Sassá (Vinícius)

Técnico: Jair Ventura

FLUMINENSE: Diego Cavalieri (Julio Cesar), Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre (Magno Alves), Edson (Douglas), Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington e Samuel

Técnico: Levir Culpi

 Fonte: Terra


1 Comment

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: