Redes Sociais

Notícias

Classificação indica solidez do Botafogo, que ganha “cara” após testes

Publicado

em

A classificação às oitavas da Copa do Brasil, além da questão financeira e do fato de se manter vivo na competição, mostrou um Botafogo mais sólido. Após alguns testes, o técnico Paulo Autuori parece ter encontrado o time titular para se encaixar no esquema pensado. Além disso, já começa a preparar a equipe para uma iminente despedida de Luis Henrique, um dos destaques até aqui na temporada.

Aos poucos, o time alvinegro vai ganhando uma cara e demonstrando um estilo de jogo bem definido. Com a “força máxima” à disposição, Autuori adotou o desenho com três zagueiros, tendo Rafael Forster como volante quando o time tem a posse de bola. No meio, vem apostando no trio Caio Alexandre, Honda e Bruno Nazário, tendo Kalou e Matheus Babi no ataque.

O próprio comandante indica que a atuação contra o Vasco, ontem (23), foi fruto de uma evolução que o time já vinha apresentando em jogos no Campeonato Brasileiro.

“Considero o jogo contra o Fortaleza, que pouca gente falou, Corinthians e Athletico-PR onde fomos muito sólidos. Uma coisa é circunstância. Nós erramos circunstancialmente, em erros pontuais e pagamos caro por aqueles erros, porque perdemos pontos importantíssimos que nos dariam, hoje, uma situação melhor”, disse.

Apesar de satisfeito com o avanço na competição, o técnico ressalta que o time ainda tem de melhorar na finalização das jogadas.

“Fizemos um jogo sólido, porque tem sido uma equipe organizada independente de jogar de maneiras distintas, seja com linha de três ou quatro atrás. Não importa como a gente joga, os movimentos a gente já sabe como tem que fazer quando a equipe não tem a bola. O que a gente precisa evoluir bem e precisamos de treino, algo que nenhum clube brasileiro tem, é a ponta final, já que nós chegamos lá com bons movimentos, mas precisamos decidir melhor para poder conseguir finalizar com mais perigo e mais êxito”, completou.

A equipe também já começa a se preparar para uma despedida de Luis Henrique. Fora das últimas partidas por conta de um incômodo no púbis, o jogador tem negociações avançadas com o Olympique de Marseille, da França.

O setor mais ofensivo, atualmente, conta com a dupla Kalou e Matheus Babi, tendo, talvez, Rhuan como primeira opção. Sem Luis Henrique, há uma mudança na forma de jogar, uma vez que ele era uma das válvulas de escape do time. Na ausência do jovem atacante, os laterais podem ser opções para tal saída.

No ataque, Autuori ainda tem Davi Araujo, Lecaros e Matheus Nascimento, apontado como joia, na busca por oportunidade.

Fonte: UOL / Foto de Capa: Reprodução / Instagram


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: