Redes Sociais

Colunas

Com que time eu vou?

Publicado

em

Em busca de um pouco de privacidade, o Botafogo treinou nesta quarta-feira, no Cefat, em Várzea das Moças, com portões fechados. Foi a primeira oportunidade na semana para Jair Ventura começar a esboçar a equipe para a partida contra o Sport. O tom misterioso, que deve ser adotado até o fim da semana, tem um porquê. Com quase todo o elenco à disposição – apenas Jefferson e Lizio estão no departamento médico -, o treinador tem algumas opções, e é provável que o time tenha novidades no sábado.

Uma mudança é certa. Bruno Silva recebeu o terceiro cartão amarelo e, suspenso, não enfrenta o Sport. Dudu Cearense ou Fernandes são os substitutos naturais. Jair, no entanto, pode “aproveitar” o desfalque para mudar o esquema e jogar com dois meias ou até mesmo três atacantes. Veja abaixo as disputas e opções do treinador.

QUEM SUBSTITUI BRUNO SILVA?

A pergunta de um milhão de dólares é quem herdará a vaga de Bruno Silva.  Se Jair optar por uma opção mais conservadora e manter o esquema com três volantes, a disputa está entre Fernandes e Dudu Cearense. Os dois têm características semelhantes às do titular, marcam forte, mas sabem sair para o jogo. Contra a Ponte Preta, sem Rodrigo Lindoso, a oportunidade foi de Fernandes. No entanto, ele não foi bem e foi substituído no intervalo.

A briga pela vaga, porém, não se restringe à dupla. Jair pode optar por dois meias, com a entrada de Leandrinho para atuar ao lado de Camilo. Outra opção seria jogar com três atacantes. Se for esse o caso, Rodrigo Pimpão desponta como favorito. Ainda sob o comando de Ricardo Gomes, o Botafogo já atuou nesse esquema, nas partidas contra Santa Cruz e Coritiba.

BRIGA PELA CAMISA 9

Independentemente do esquema, a disputa no ataque está aberta. O gol contra o São Paulo deu novo fôlego a Sassá na briga para voltar ao time titular. Artilheiro do Botafogo no Campeonato Brasileiro com sete gols, o atacante é a sombra de Canales. Apesar da experiência, o chileno, 34 anos, ainda não marcou em seis jogos com a camisa alvinegra.

DISPUTA NA ZAGA

As principais dúvidas são no setor ofensivo, mas a defesa também pode ter mudança, embora a chance seja remota. Com a semana livre para treinos, Carli terá tempo para trabalhar a parte física e pode ressurgir no time. Considerado titular absoluto durante o Carioca, o argentino conviveu com problemas musculares ao longo do primeiro turno do Campeonato Brasileiro e perdeu espaço.

Recuperado, a questão agora é se Carli mantém o status de titular. Renan Fonseca entrou bem no time e teve grande atuação na vitória sobre o São Paulo. O zagueiro tem a confiança da comissão técnica, recuperou o espaço perdido no Carioca e, inclusive, herdou a braçadeira de capitão enquanto Jefferson está no departamento médico. Ele larga como favorito por uma vaga diante do Sport, mas não será surpresa se Carli voltar ao time.

Fonte: globoesporte.com.br/botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: