Redes Sociais

Notícias

De intocável a nem relacionado, Bochecha tem esperança de volta por cima no Botafogo com Autuori

Publicado

em

Titular com Barroca, volante perdeu espaço com Valentim, mas espera mais oportunidades com o novo treinador

Desde que Alberto Valentim chegou ao Botafogo, Gustavo Bochecha não conseguiu ter a mesma sequência que o fez de titular quase incontestável com Eduardo Barroca. Agora, com a chegada de Paulo Autuori ao comando do Alvinegro, o volante espera que daqui para frente tudo seja diferente.

Como o novo trabalho ainda está no início, não há a definição clara de um time titular. Mas se Valentim continuasse no cargo, a probabilidade de o volante ser emprestado a outro clube era grande.

Na segunda passagem de Valentim pelo Botafogo, Bochecha jogou apenas três vezes, todas como titular, e ficou no banco em cinco oportunidades em 2019 (ele sofreu uma lesão no joelho na 34ª rodada do Brasileiro e perdeu o restante do campeonato). Nesta temporada, o volante só entrou em campo nas duas primeiras rodadas do Carioca – que o Alvinegro jogou com o time reserva – e foi relacionado apenas uma vez com o time titular, mas não entrou em campo.

Diferença de Bochecha com Eduardo Barroca e Alberto Valentim

A preferência de Barroca por Bochecha em relação a Valentim fez com que o jogador se sentisse desvalorizado no clube. Apesar de a torcida não o encarar como unanimidade, a titularidade com o atual treinador do Coritiba era incontestável. A diretoria entendeu a opção de Valentim neste início de ano e procurou times do Brasil e dos Estados Unidos para emprestar o atleta, já que o encara como um ativo do clube e possível venda no futuro.

No fim de 2019, o Alvinegro foi informado de que um clube europeu preparava uma investida pelo volante, com um valor que era o dobro do que o clube esperava receber, mas não informou a quantia. Porém, a ausência nos jogos no fim da temporada, somado à lesão que sofreu no joelho, fez com que o interesse esfriasse.

Agora, Bochecha terá outra oportunidade para mostrar o futebol em 2020. Se nas primeiras partidas do ano – com a equipe reserva – ele não se saiu bem, com um novo treinador pode ser que as coisas sejam diferentes. Fato é que Autuori considera o elenco inchado e pretende que alguns jogadores possivelmente não aproveitados sejam emprestados ou negociados em definitivo. Se o volante não agradar, pode ser um desses atletas.

Fonte: Globoesporte.com


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: