Redes Sociais

Notícias

Empate com Ceará é reflexo de ano ruim do Botafogo, que prevê reestruturação para 2020

Publicado

em

Por tudo que enfrentou na temporada e pelo elenco enxuto, sem grandes contratações, comemorar a permanência na Série A não é fora do comum para o time alvinegro

A permanência na Série A é a única coisa que o Botafogo tem a comemorar na temporada. O empate em 1 a 1 com o Ceará, neste domingo, foi apenas um reflexo do que foi o time na temporada e, principalmente, no segundo turno do Brasileirão. O Alvinegro esteve longe de apresentar bom futebol.

Um ano para deixar para trás. Agora, o pensamento é no futuro, que tem tudo para ser diferente. A partir desta semana, o clube começa a planejar 2020 e a pensar na transição para a Botafogo S/A. A expectativa pela profissionalização do futebol é alta.

NÚMEROS DA TEMPORADA

  • 59 jogos: 21 vitórias, 9 empates e 28 derrotas
  • 62 gols feitos / 64 gols sofridos
  • No Brasileirão: 13 vitórias, 4 empates e 21 derrotas (13 no returno, quando fez apenas 12 gols)

Meta não alcançada e eliminações

Com a vitória do Fluminense sobre o Corinthians, o Botafogo, que também não fez sua parte no Nilton Santos, ficou fora da Sul-Americana e, além de ter uma competição a menos para disputar em 2020, também perde dinheiro: nos últimos dois anos, o clube arrecadou quase R$ 8 milhões com participações no campeonato internacional.

O ano do Botafogo não teve um ponto alto. O time foi precocemente eliminado do Campeonato Carioca e da Copa do Brasil, além de deixar a Sul-Americana nas oitavas de final. O melhor momento foi no início do Campeonato Brasileiro, quando Eduardo Barroca liderou a equipe em uma série de vitórias. Graças a essa gordura, inclusive, o Alvinegro conseguiu evitar o rebaixamento.

Troca de técnicos

As eliminações e o início ruim de segundo turno foram responsáveis pelas trocas no comando técnico do Botafogo, que teve três treinadores na temporada. Zé Ricardo comandou o time no Carioca e na Copa do Brasil. Eduardo Barroca iniciou o Brasileiro e terminou a Sul-Americana. Alberto Valentim assumiu na reta final.

Apesar de números ruins à frente do Alvinegro, a tendência é que Valentim permaneça no comando em 2020 e comece a planejar a próxima temporada junto com o departamento de futebol. Ele tem contrato até o fim do próximo ano e terá uma reunião com a diretoria na tarde desta segunda para falar do futuro.

Dificuldades financeiras

Entre as atuações e resultados ruins, o Botafogo também sofreu fora das quatro linhas. As dificuldades financeiras, que impediram o clube de montar uma equipe mais competitiva, interferiram diretamente no vestiário. Em vários momentos, o clube atrasou salários com jogadores e funcionários, o que gerou protestos e indisposição.

Expectativa alta para 2020

Mesmo com o ano muito ruim, a torcida do Botafogo encerra a temporada com esperanças de que 2020 possa ser melhor. A Botafogo S/A caminha bem, e uma reunião no Conselho Deliberativo na próxima quinta-feira deve aprovar o projeto, que visa separar o futebol do clube social para uma profissionalização do departamento a partir da entrada de investidores. No clube, as expectativas são altas também.

O planejamento passa pela montagem do time. Um dos primeiros esforços será para manter Gabriel. O Atlético-MG tem interesse no retorno do zagueiro, que já manifestou o desejo de ficar no Rio. O jogador é um dos pontos positivos do Botafogo na temporada. Principal atleta do elenco, tem o respeito da torcida, comissão técnica, diretoria e companheiros de equipe.

No últimos meses, o Botafogo não escondeu que o objetivo principal era a permanência na Série A, que seria fundamental para o projeto ser consolidado já no início da próxima temporada. Com o plano de negócios pronto e investidores já interessados, a transição começa em breve.

Por tudo que o Botafogo enfrentou na temporada e pelo elenco enxuto, sem grandes contratações, comemorar a permanência na Série A não é fora do comum. Mas, agora, espera-se que todas as expectativas sejam correspondidas e que 2020 seja realmente um ano mais produtivo e de menos sufoco.

Fonte: Globoesporte.com


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: