Redes Sociais

Notícias

Empresário explica negociação do Botafogo com Kalou: “Não vai vir para passear no Rio de Janeiro”

Publicado

em

Marcos Leite intermediou contratações dos medalhões internacionais Keisuke Honda e Salomon Kalou: “Não creio que o Botafogo vá trazer outros atletas desse peso agora”

A vinda de Salomon Kalou fortaleceu a relação entre o Botafogo e o empresário que intermediou o acordo. Marcos Leite havia feito o primeiro contato com o clube na contratação do japonês Keisuke Honda, considerado um case de sucesso. Ao GloboEsporte.com, o agente falou sobre o que pesou para o acerto com o atacante marfinense e garantiu que ele está com a cabeça no projeto.

– A negociação com Kalou seguiu o mesmo perfil do acordo com o Honda. Ele vai ter direito a um percentual das vendas de produtos com o nome dele e um salário que se encaixa na realidade financeira do clube. O Kalou veio praticamente nos mesmos moldes que o Honda – afirmou Marcos.

“Ele está muito focado, não vai vir para passear no Rio de Janeiro. Ele vai fazer história no Botafogo”.

Marcos Leite, que tem 40 anos, também foi jogador de futebol, mas encerrou a carreira dentro de campo há cerca de 10 anos para atuar fora das quatro linhas.

– Tenho um banco de dados com cerca de 300 atletas, muitos nesse perfil de Honda e Kalou e muitos outros que estão começando também. Pesquiso no mercado nomes fortes, que atraiam mídia e deem resultado dentro de campo, mas também faço o inverso, olho o mercado europeu para enviar jogadores brasileiros.

Novo reforço em General Severiano, Kalou foi anunciado pelo Bota na noite da última quinta-feira. O jogador de 34 anos é esperado no Brasil na próxima semana para assinar contrato até o fim de 2021.

Busca por outro medalhão após o sucesso de Honda

– Logo após a chegada do Honda, eu tive a ideia de trazer o Yaya Touré, que o Ricardo achou que seria bacana para o Botafogo. Infelizmente, aconteceu aquilo no final da negociação. Mesmo assim, continuei analisando o mercado, outras possibilidades e o nome do Kalou foi bem aceito. Um jogador que o Autuori gostava bastante, deu certo e agora ele é jogador do Botafogo.

A negociação entre Botafogo e Touré começou em fevereiro e, após algumas idas e vindas, esteve muito perto de ser concretizada no início de março. No entanto, o jogador alegou que sua esposa não gostaria de morar no Rio e esfriou a conversa. Após o marfinense se comprometer com um candidato à presidência do Vasco, o Bota condenou a atitude do volante e deu a negociação como encerrada.

Por que Kalou?

– Era um nome que eu tinha no meu banco de dados, eu tinha contato com quem conduz a carreira dele e era um atleta que ficaria livre agora. Analisando o Botafogo, achei que seria uma boa para o clube dentro e fora de campo.

“Pelo menos, por enquanto, o resultado fora de campo está sendo super positivo, a repercussão está sendo enorme, saiu no mundo inteiro. Isso faz crer que a gente acertou”.

Incógnita dentro de campo pela última temporada?

– Para fazer esse tipo de contratação, o clube levanta todo o histórico do jogador. Se analisarmos friamente todos os números do Kalou, vemos que são muito expressivos. Ele é um atacante de beirada de campo e tem mais de 200 gols na carreira. É extremamente perigoso, habilidoso, tenho certeza que vai se dar muito bem no Botafogo e dar muitas alegrias ao torcedor. Ele está muito empolgado e motivado, tenho certeza que vai ajudar muito o Botafogo.

Conversa com Autuori foi fundamental

– Está super contente pelo acerto. Ele teve uma conversa com o Paulo Autuori que foi super bacana. Paulo adorou ele e ele adorou o Paulo. Um dos fatores que influenciou na vinda dele também foi essa conversa, ele sentiu que o Paulo queria ele. Podem ter certeza que ele vai render muito dentro de campo.

Peso da camisa do Botafogo

– Muita gente não sabe, mas o Botafogo é muito falado fora do país. Todos os jogadores que eu entrei em contato, conheciam um pouco da história do Botafogo, sabiam de Garrincha, Nilton Santos, Jairzinho. O Rio de Janeiro também é um atrativo a mais para seduzir esse tipo de atleta. Depois da vinda do Honda, por tudo o que a torcida fez, o Kalou ficou encantado.

Vem mais medalhão aí?

– A parceria vai continuar até o momento em que o Botafogo falar que não quer mais. Estou à disposição do clube. Depois da chegada do Kalou, não creio que vá vir outros atletas desse peso agora, mas se o Botafogo pedir outro jogador nesse perfil, de impacto, vou estar pronto para ajudar.

Fonte: Globoesporte.com / Foto de Capa: Arquivo Pessoal


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: