Redes Sociais

Notícias

Erik lista momentos marcantes no Botafogo: “Onde recuperei a alegria”

Publicado

em

Atualmente no Yokohama Marinos, do Japão, atacante lembra com carinho da passagem pelo Glorioso entre as temporadas de 2018 e 2019 e não descarta possível retorno

O atacante Erik deixou o Botafogo no início de 2019 deixando saudades na torcida alvinegra. Foram 14 gols em 46 jogos, entre 2018 e 2019. O atacante, atualmente no Yokohama Marinos do Japão, nunca escondeu a identificação com o Glorioso. No último sábado, ele voltou a recordar os momentos marcantes pelo clube de General Severiano, onde diz ter recuperado a alegria de jogar futebol.

– Podia enumerar uns 30, 40 grandes momentos. O gol contra o Flamengo, o gol contra o Defensa y Justicia, caindo um temporal, com 10 mil gloriosos, que mesmo com as adversidades da partida, continuavam acreditando. A despedida do Jefferson foi fantástica na minha vida. Não só por ter feito dois gols, mas também por ter participado de um momento tão importante na carreira desse atleta. A partida contra o Paraná, minha última no Botafogo, já que tive que retornar ao Palmeiras. Meu último dia no clube foi muito difícil. Fui com a minha esposa ao estádio para me despedir dos companheiros. Abracei todos os funcionários chorando. Fui tratado de uma forma muito especial ali dentro, foi onde recuperei minha alegria de jogar futebol – declarou Erik.

Erik , que tem os direitos econômicos vinculados ao Palmeiras, deixou o Botafogo em junho do ano passado, emprestado pelo clube paulista ao futebol japonês.  Deixou o Glorioso depois de ter sido o destaque da equipe comandada por Zé Ricardo no Brasileirão de 2018, tirando o time da briga pelo rebaixamento.

No começo de 2019, chegou a retornar ao Palmeiras, mas a vontade de voltar ao Alvinegro resultou em novo acordo de empréstimo com o Verdão. O atacante era titular absoluto da equipe, então comandada por Eduardo Barroca e um dos jogadores mais identificados com a torcida.

– Esse clube para mim é um modelo de exemplo da forma como os torcedores tratam os atletas. Acredito que não tenha sido o último dia, espero reencontrá-los, porque foi um momento muito especial. Se tiver que um dia voltar, não quero que seja apenas por passar. As duas vezes que retornei para o clube foi sempre para deixar meu melhor. Vai ser assim sempre meu pensamento, independente de qualquer clube, quero estar sempre em alto nível. Espero um dia voltar – finalizou.

Fonte: Lance


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: