Redes Sociais

Notícias

Ex-Botafogo, Seedorf relembra passagem pelo Brasil e relação com torcedores: “Aproveitei cada segundo”

Publicado

em

​Admirado e respeitado por onde passou e com uma carreira pra lá de completa. Este é Clarence Seedorf, ex-meia de 44 anos com um currículo vasto no futebol europeu, campeão da ​Champions League com Real Madrid, Milan e Ajax, mas que também passou pelo ​Botafogo entre os anos de 2012 e 2014, como não poderíamos deixar de lembrar.

Em uma conversa exclusiva com o 90min, o hoje treinador holandês percorreu por diversos assuntos, sem deixar de lembrar sua passagem pelo futebol brasileiro.

“Eu aproveitei cada segundo da minha passagem pelo Brasil. Eu sempre tive um vínculo muito forte com o Brasil, os brasileiros e os jogadores brasileiros. A forma como eles me tratam até hoje é maravilhosa, sempre de uma maneira incrível. Eu acho que não apenas no Brasil, mas por onde eu dei meu total comprometimento dentro e fora de campo e eu acho que as pessoas apreciavam isso. Eu entrava para acrescentar, adicionar valor, trazer algo. Este sempre foi meu espírito em todo time. Eu trazia tudo de mim dentro e fora dos gramados e isso está relacionado com muita coisa. A relação com os torcedores no Brasil foi realmente uma experiência espetacular”, afirmou.

Apesar da forma afetiva com a qual se recorda do país, Seedorf também não deixou de opinar sobre o calendário e as dificuldades de se entrar em campo ao atuar nos campos brasucas:

“O Campeonato Brasileiro, bem, jogar é diferente de assistir. É uma competição que sempre foi criticada por ser um estilo de jogo mais lento e tudo mais, mas quando você precisa jogar 43 partidas com jogo a cada 3 dias, sendo que num dia você joga sob 45 ºC, no outro você joga sob 20 ºC. Você passa o tempo voando de norte a sul, com voos de cinco, seis horas. É realmente muito duro. Fisicamente e mentalmente. É difícil de verdade. Agora eu tenho a experiência para mim mesmo e a apreciação de muitos aspectos que não sabemos ao estar na Europa sobre como são outras partes do mundo”, completou.

Entre a vida fora das quatro linhas num novo lugar, numa nova cultura e as durezas de um campeonato cheio de complexidades, o ex-alvinegro deixou claro que o saldo da estada no Rio de Janeiro foi positivo:

“Eu desfrutei em campo e também fora de campo, tenho muitos amigos lá, família… (Nota da Redação: ele é casado com uma brasileira) Foi sensacional ter vivido lá. Uma coisa é visitar o país, outra é viver no país”, sacramentou.

Seedorf atuou por um ano e sete meses com a camisa do Botafogo, anotando 24 gols durante o período.

Fonte: 90 Min


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: