Redes Sociais

Notícias

Flamengo e Bangu protagonizaram o espetáculo do absurdo no Maracanã

Publicado

em

Times disputaram um dos jogos mais constrangedores da história do futebol brasileiro

Aconteceu. Depois de muita pressão nos bastidores, a bola voltou a rolar. Foram 90 minutos de um dos jogos mais absurdos da história do futebol brasileiro. Bangu x Flamengo num Maracanã vazio, sem transmissão da TV e com um hospital colado ao estádio tentando salvar vidas em meio ao pico de uma pandemia no país.

Uma partida invisível aos olhos do torcedor, insensível aos olhos mais humanos. Arrascaeta, Bruno Henrique e Pedro Rocha marcaram e a vitória rubro-negra por 3 a 0 carimbou a vaga do time de Jorge Jesus às semifinais da Taça Rio. Isso se o campeonato de fato chegar ao fim, com Botafogo e Fluminense lutando na Justiça para postergar o retorno, como preza o bom senso ignorado por Flamengo e Vasco nesta queda de braço.

Ainda que todos os protocolos de saúde sejam adotados, há uma exposição natural de jogadores, comissão técnica, gandulas e profissionais de segurança e logística, entre outros. Alemanha, Portugal, Espanha e Inglaterra só programaram a volta das competições quando havia claro declínio do número de casos e de mortes. No Brasil, o caminho foi inverso.

Uma pressa injustificável e que ofende a todos que respeitaram o isolamento e tantos outros que choram suas perdas. No palco mais emblemático do futebol no país, a noite foi de um espetáculo improvisado, forçado e mal ensaiado.

Fonte: Lance / Foto de Capa: Cahê Mota / GloboEsporte


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: