Redes Sociais

Notícias

Fluminense pode se “classificar” mesmo sem entrar em campo; Botafogo precisa jogar

Publicado

em

Botafogo e Fluminense estão unidos na árdua luta de convencer a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) e as autoridades para voltarem a atuar somente a partir de 30 de junho, pelo menos. Porém, no que compete ao campo e bola, suas situações são diferentes em relação à tabela do Campeonato Carioca.

Enquanto o Tricolor vive um momento mais confortável como líder do Grupo B com nove pontos, o Alvinegro é o quarto colocado do Grupo A e está a três pontos da zona de classificação para as semifinais da Taça Rio.

Fluminense

Fluminense, por exemplo, pode se “classificar” para as semifinais sem sequer entrar em campo. Para isso, basta que o Vasco vença o Macaé e o Resende supere o Madureira, nos dois jogos que aconteceriam ontem (21), mas que foram adiados pela Ferj.

Neste cenário, somente o Volta Redonda poderá ultrapassar o Tricolor, chegando aos dez pontos se vencer as duas últimas partidas, o que o deixará com um ponto a mais que o clube das Laranjeiras.

Além dele, o Madureira é o único que ainda poderá igualar o Tricolor em pontos. Porém, terá que vencer o Vasco na última rodada e tirar uma diferença de saldo que hoje é de 10 gols, algo que torna a missão quase que impossível.

Botafogo

O grupo do Botafogo foi o único que já teve partida, sendo as duas na última quinta-feira (18), na data que marcou a retomada do Estadual. O Flamengo venceu o Bangu por 3 a 0 e garantiu sua classificação antecipada. Já Portuguesa e Boavista ficaram no 0 a 0 e, com isso, a Lusa carioca chegou aos mesmos quatro pontos do Alvinegro e o time de Bacaxá (RJ) foi a sete pontos, ocupando a segunda colocação e se mantendo na zona de promoção para as semifinais da Taça Rio.

Caso chegue a um consenso e resolva disputar a competição, o Botafogo precisará vencer a lanterna Cabofriense de qualquer maneira para se manter vivo e chegar aos sete pontos também, fato que o deixará igualado ao Boavista. No entanto, a equipe de Bacaxá, no momento, possui quatro gols a mais de saldo.

Neste cenário, na última rodada o Alvinegro encara a Portuguesa e o Boavista pega o líder Flamengo. Situação que poderá se tornar favorável ao clube de General Severiano.

E se Bota e Flu não jogarem?

A participação de Botafogo e Fluminense na competição ainda é completamente incerta. A intervenção do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, baixando um decreto no último sábado vetando os jogos da dupla até o próximo dia 25 foi, de certa forma, favorável à dupla, já que nos dois arbitrais da Ferj e nas duas audiências conciliatórias no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) não se conseguiu chegar a um acordo.

O Fluminense, por exemplo, já se mostra mais flexível e topa jogar a partir de 30 de junho, com sua última rodada acontecendo em 3 de julho. Desta forma, o Botafogo jogaria dias 1º e 4 de julho. Porém, até o momento, a Ferj não simpatiza com tal ideia.

Mas e se todas as tentativas de consenso se esgotarem e a dupla decidir não entrar em campo? O que acontece?

Segundo o regulamento, serão aplicados W.O.’s com os respectivos adversários sendo declarados vencedores com o placar de 3 a 0. O Alvinegro, então, estará eliminado e o Tricolor passará a ter sua classificação ameaçada, a não ser que aconteça a combinação explicada acima no texto.

Nestes casos, Cabofriense e Portuguesa – que ainda estão agendados para enfrentar o Botafogo – e Volta Redonda e Macaé — escalados para encarar o Fluminense — serão os beneficiados.

Bota e Flu podem ser rebaixados?

Há, porém, um item no Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) que pode dar brecha para problemas maiores à dupla. O inciso 3º do artigo 203, que fala sobre W.O., diz que “em caso de reincidência específica, a entidade de prática desportiva será excluída do campeonato, torneio ou equivalente em disputa”, ou seja, mesmo que o Fluminense se classifique na pontuação, estaria excluído da competição.

Mais do que isso: o documento prevê que, ainda em caso de reincidência, os clubes podem ser rebaixados em campeonatos que prevêem acesso e descenso.

Porém, isso não deve ocorrer, pois o CBJD explicita que essa punição só deve acontecer uma vez que as equipes deixem de disputar as partidas sem justa causa, o que não seria o caso, já que Botafogo e Fluminense estão com esta postura em função da pandemia do coronavírus.

Fonte: UOL / Foto de Capa: Vítor Silva / Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: