Redes Sociais

Notícias

Força, movimentação e polivalência: o que Rafael Navarro já mostrou no Botafogo

Publicado

em

Primeiras impressões do atacante contratado do Atlético-GO para a base são boas e jogador é elogiado pelos três técnicos que já teve no Alvinegro: Marcos Soares, Lazaroni e Valentim

Foram apenas 35 minutos com a camisa do Botafogo na derrota por 2 a 0 para o Madureira, mas Rafael Navarro conseguiu mostrar algumas credenciais para a torcida alvinegra depois da discreta estreia contra o Volta Redonda. O atacante, que foi contratado para o sub-20 do Alvinegro em outubro de 2019, não chegou a tempo de ser inscrito na Copinha, mas deixou boas impressões na comissão técnica da base e do profissional.

Em campo, o torcedor pôde perceber que a movimentação do atacante não era necessariamente a de um centroavante. Um pouco atrás de Igor Cássio, que exerceu a função na última partida do Carioca, Navarro conseguiu criar um pouco as chances e chegou até mesmo a dar bom passe para Ênio, que chutou sem muita força.

Em um primeiro momento, o titular da posição é Pedro Raul, com Igor Cássio como reserva imediato. A tendência é de que o atacante continue no elenco principal, porém será novamente avaliado quando os principais atletas voltarem da pré-temporada em Domingos Martins, no Espírito Santo.

O GloboEsporte.com procurou os três treinadores que Navarro já teve desde a chegada ao Botafogo para que pudessem falar sobre o que acharam do atacante. Entre os destaques estão o faro de gol, porte físico e potencial para crescimento.

Marcos Soares

– É um fazedor de gols nato, consegue girar para os dois lados, pode jogar tanto de centroavante, quanto saindo um pouco da área. Tem uma agressividade boa e consegue atingir uma certa velocidade, tem um senso de colocação muito grande, o que ajuda na pós-perda e organização defensiva também.

Alberto Valentim

– Navarro é um jogador de boa velocidade, porte físico muito interessante. Ele faz duas posições, não só nove (centroavante), mas é um atacante de beirada também. Até treinou em algumas sessões com a gente na beirada de campo. É um jogador que tem uma margem grande para melhorar e fazer uma grande carreira. Vamos ver (se fica ou volta para o sub-20). A ideia é que ele fique com a gente, mas vamos ver quando voltarmos para o Rio.

Bruno Lazaroni

– Ele chegou a fazer um treino com os profissionais no ano passado. Vi com muita vontade de crescer, evoluir e mostrar potencial. Vinha treinando bem e a gente espera que com o tempo ele ganhe confiança.

Fonte: Globoesporte.com


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: