Redes Sociais

Notícias

Governo do Rio elogia protocolo médico e diz que analisa volta do Carioca; Arbitral vai definir datas

Publicado

em

Ferj deve marcar nova reunião nos próximos dias para decidir a questão e há divergências. De quarta para quinta-feira, houve aumento de 3,1% no número de mortes por Covid-19

O governo do Estado do Rio de Janeiro elogiou nesta sexta-feira o protocolo médico proposto pelos clubes da série A do Campeonato Carioca e afirmou que analisa datas para o retorno da competição. O estado classificou como “passo muito importante” os estudos feitos para a volta do futebol.

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) espera pelo aval definitivo das autoridades para marcar, nos próximos dias, uma nova reunião para votação da data de retorno do torneio, o que será decidido após análise, também, das estatísticas da Covid-19 no estado.

O pronunciamento do governo

“Os pontos apresentados no protocolo “Jogo Seguro” representam um grande avanço e um passo muito importante para um planejamento seguro do retorno dos jogos de futebol. O documento está baseado em padrões internacionais e prevê medidas de segurança, higiene e isolamento social, para evitar o risco de contágio da Covid-19 entre os envolvidos. Inclusive, atende ao decreto do Governo do Estado, com a realização de partidas mediante ausência de público.

A data para retomada das competições está sendo analisada, diante dos quesitos necessários para a realização dos jogos, considerando as estatísticas do cenário da Covid-19 no Estado e também os posicionamentos dos clubes e dos atletas envolvidos”.

Na última quarta-feira, o secretário de Esporte, Lazer e Juventude do Estado do Rio de Janeiro, Felipe Bornier, já havia afirmado que a tendência era de resposta positiva. Contudo, apesar dos elogios, o “OK” expresso do governo não veio no pronunciamento.

– Nossa prioridade é o retorno. Se a gente consegue controlar a curva, o número de leitos e conseguir oferecer segurança a todos os envolvidos, nada impedirá o retorno.

No Rio de Janeiro, o boletim de terça-feira informou que nas 24 horas anteriores foram confirmados 1402 novos casos de Covid-19, com 225 mortes. De quarta para quinta-feira, houve aumento de 1,8% no total de casos confirmados e 3,1% no total de mortes. A taxa de letalidade no estado é de 9,72%.

Quando anunciou a liberação de treinos com restrições a partir do início deste mês, o prefeito Marcelo Crivella informou que no meio de junho uma nova reunião da sua comissão científica analisaria a curva da pandemia para definir a liberação de jogos na segunda quinzena do mês ou somente em julho, como era o plano inicial do órgão.

Próximos passos para a retomada

A Ferj aguardava o aval do governo estadual para marcar um novo arbitral no qual será escolhida a data do retorno dos jogos. Há um impasse nessa questão, já que Fluminense e Botafogo são contrários à retomada imediata.

A entidade já anunciou que a escolha de data será feita por maioria, decisão que também sofre oposição do clube das Laranjeiras. O entendimento dos tricolores é de que se trata de uma mudança de regulamento, o que tornaria obrigatória a unanimidade para aprovação, e não de caso omisso, interpretação da Ferj que lhe dá a prerrogativa de adotar a decisão da maioria. Flamengo e Vasco se posicionaram ao lado da entidade nessa questão.

No arbitral realizado no último sábado, o Fluminense somente enviou representante, Marcelo Penha, e se posicionou de forma contrária à retomada, como fez o Botafogo. Apesar desta posição, ambos os clubes aprovaram o protocolo de segurança entendendo que se trata somente de uma ferramenta para a retomada e não aprovação do retorno das atividades em si.

Fonte: Globoesporte.com / Foto de Capa: Reprodução


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: