Redes Sociais

Notícias

Imprensa do Brasil e do exterior: Robben deixa visível a diferença de tratamento dado ao Botafogo

Publicado

em

A sondagem do Botafogo ao ex-atacante holandês Arjen Robben repercutiu nos principais jornais do Brasil e do exterior. Veículos de comunicação da Europa e da América do Sul destacaram o interesse do Botafogo no jogador. Aos 36 anos, ele revelou que pensa na possibilidade de voltar a jogar e gostou da sondagem. Porém, a maneira como a imprensa do Brasil e do exterior abordaram o interesse em Robben deixa visível a diferença de tratamento dado ao Botafogo.

A maioria dos jornais europeus e sul-americanos apoiaram o interesse. Logicamente, sonhando com a volta aos gramados de um jogador que se despediu em alto nível técnico e tático. Inteligente e sem um histórico de grandes problemas, Robben teria tudo para oferecer alguns anos a mais de seu talento. Além disso, as publicações de fora do país trataram a sondagem com respeito, lembrando que o Botafogo já contratou Seedorf e é o atual clube de Keisuke Honda.

Imprensa brasileira se esquece de Seedorf

Já a imprensa brasileira preferiu cair para o lado da brincadeira. Alguns comentaristas, como Denilson, chegaram a brincar dizendo que o clube deveria ir atrás também do Batman. O engraçado é que o maior apoio deveria vir de uma mídia cada vez mais carente de ídolos verdadeiros e que parece vibrar com a situação delicada financeira de alguns clubes.

Enquanto alguns jornais falam que um grande ou gigante brasileiro quer o jogador, a mídia brasileira já chegou ao ponto de discutir se o Botafogo continua grande. Pequeno é o alcance do cérebro de quem coloca isso em discussão.

A mesma imprensa que hoje trata como piada o interesse em Robben, se esquece realmente de que Seedorf estava acertado com o Corinthians não é mesmo? Ou também não lembra que Honda era apenas um sonho distante para o “vazio cofre alvinegro”, mas parece que nossa mídia não muda sua forma de trabalhar.

Se Robben vai ser contratado ou não, só o tempo dirá. Até porque muitos fatores influenciam o desfecho da situação, mas os acertos com Seedorf e Honda e as negociações com Yaya Touré e Obi Mikel, consideradas positivas por ambos, mostra que o Botafogo está longe de ser piada. Pelo menos, para quem faz jornalismo sério e de qualidade, mas isso é raridade no Brasil.

Fonte: Redação FogãoNET


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: