Redes Sociais

Notícias

Irmãos Moreira Salles bancarão integralmente novo CT do Botafogo, revela Montenegro: “Primeiro mundo”

Publicado

em

Além de doarem o terreno que pertencia ao antigo Espaço Lonier, os irmãos Moreira Salles vão também arcar com todos os recursos para as obras do novo Centro de Treinamento do Botafogo, em Vargem Pequena, na Zona Oeste do Rio. É o que explicou Carlos Augusto Montenegro, membro do Comitê Gestor de Futebol do clube.

Montenegro explicou que, por conta da situação financeira, o Botafogo não conseguiu arcar com sua parte no compromisso que havia fechado com os irmãos. Por isso, os Moreira Salles resolveram tocar a obra por contra própria e, posteriormente, será definido como eles serão compensados financeiramente.

CT do Botafogo mais moderno e seguro

– O CT é um presente dos mais valiosos que recebemos dos irmãos Moreira Salles. Eles deram o terreno, mas dentro da cartilha deles. Houve uma demora, porque uma parte do terreno não estava legalizada. Inicialmente, iríamos aproveitar algumas instalações e fazer seis campos, metade para o profissional e metade para a garotada e combinamos um valor de cerca de R$ 11 milhões, onde o Botafogo entraria com a metade e eles com a outra. Para variar, eles fizeram tudo certo, chegaram a entrar com a parte deles e, com isso, foi feita a terraplanagem e organização dos campos. O Botafogo não conseguiu entrar com a parte dele, mas acabou não sendo tão ruim, porque em função da tragédia que ocorreu no Flamengo, os irmãos resolveram melhorar, segurar mais, aprimorar o projeto e modernizar. Ao invés de gastar 10, passaria a gastar 25. Imagina, o Botafogo não tinha nem os 5 para dar. Então, eles falaram: “Olha, nos sentimos mais confortáveis com isso e vamos acabar construindo tudo do jeito que a gente quer, moderno, com seguro, com segurança para os garotos, preferimos isso e depois a gente entrega a vocês para administrar, depois combina se vocês ficam com a parte esportiva, a gente com a parte administrativa, talvez.” Isso não está claro porque parou tudo, um dos irmãos está morando em Portugal, só vai ser resolvido agora no meio do ano – afirmou Montenegro, prevendo que no ano que vem o Botafogo já treine lá:

– Não é o Botafogo quem está fazendo a obra. O Botafogo não teve capacidade de fazer essa obra, nem financeira, nem com pessoas. Que bom que ficou com eles. Estimo que até o final desse ano ou o começo do ano que vem ela fique pronta e a partir de 2021 treinaríamos lá. Os irmãos querem entregar uma coisa de primeiro mundo para a gente. Assim que der, o mais rápido possível.

Redução nas sedes do Botafogo

Com o fim das obras do novo Centro de Treinamento, a ideia de Montenegro é que o Botafogo reduza suas sedes e todo o futebol seja concentrado no Estádio Nilton Santos – principalmente a parte administrativa – e no CT. Com isso, o Estádio Caio Martins, concedido pelo Governo do Estado até 2022, deve ser devolvido assim que as obras forem concluídas.

– Marechal Hermes sempre teve uma briga, mas depois saiu uma resolução do estado retomando Marechal. Na minha opinião, o Botafogo deve ficar com uma, duas, três sedes só e cuidar bem delas. Assim que o CT estiver começando a funcionar, a ideia nossa é devolver Caio Martins. Faltam dois anos para o fim da concessão, hoje está servindo para uma parte da base apenas. Assim, o Botafogo vai ficar só com o Nilton Santos e com esse CT. Essa vai ser a Botafogo S.A. O social vai ser General SeverianoMourisco MarSacopã e a Casa da Dona Therezinha, que as pessoas pensam em fazer alguma coisa com ela – explicou Montenegro.

Fonte: Redação FogãoNET


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: