Redes Sociais

Colunas

Jair comenta vitória sobre o Santa Cruz

Publicado

em

Mais uma vitória no fim, mais um teste para cardíaco, e o Botafogo despachou o Santa Cruz por 1 a 0 no Arruda e conquistou o quinto triunfo seguido no Campeonato Brasileiro, algo que não acontecia desde 2010. O gol de Rodrigo Pimpão foi aos 42 minutos do segundo tempo, mas desde o início o Alvinegro buscou o ataque titular na noite desta quarta-feira. Mesmo fora de casa, Jair Ventura lançou o time ao ataque na etapa final e acabou premiado pela ousadia, que surpreendeu até mesmo o técnico.

– A equipe do Santa Cruz está mal na tabela, mas isso é uma coisa que dentro de campo não tem a mesma influência. São profissionais, merecem respeito, e entramos conscientes de que precisaríamos nos esforçar para sair com a vitória. Quando jogamos com times abaixo na tabela, eles geralmente não saem tanto para o jogo. Tomamos um pouco de sufoco no primeiro tempo. No segundo nos arriscamos mais, botamos um atacante no lugar de um lateral, um atacante na vaga de um volante e, quando vi, estava com time cheio de atacante. Mas é assim, quando você arrisca, aumenta a possibilidade de sair com a vitória.

Com o resultado, o Botafogo garantiu a quinta colocação pelo menos por mais uma rodada, com 53 pontos. O Alvinegro agora terá mais de uma semana para recuperar os jogadores e volta a campo às 18h30 (de Brasília) do dia 29 de outubro, um sábado, contra o Coritiba na Arena.

Confira outros trechos da entrevista de Jair:

DESGASTE
Estávamos mais cansados, saímos de um jogo difícil e cansativo contra o Atlético-MG, vencido no último minuto, então precisamos substituir para ganhar um pouco de força no fim. Mais uma vez a vitória é do grupo, da equipe, é a nossa quinta consecutiva, mas ainda não tem nada ganho. Queremos mais.

MAIS UM GOL NO FIM
Entrega. Não podemos desistir nunca. Sempre falo isso. Nosso dia a dia é muito bom. Queria um gol no início, mas de repente depois a gente sofreria o jogo todo. Melhor só dois, três minutos (risos). Mas futebol é assim.

LIBERTADORES MAIS PRÓXIMA
Agora é tentar manter, sabemos das dificuldades, do equilíbrio do Brasileiro. Mas temos que ir da mesma maneira. Isso que é o gostoso. Não precisamos mudar nada. Conseguimos chegar aqui com entrega e intensidade. Não sei se vamos conseguir, mas pode ter certeza que vamos dar o nosso máximo para isso.

MUDANÇAS NO TIME
Quando dá certo, tudo é mil maravilhas. Mas quando perde a responsabilidade é do treinador. Eu sabia disso, mas fomos para cima. Eu tirei um volante (Dudu) para colocar um atacante (Sassá). Depois tirei um lateral (Victor Luís) para colocar outro atacante (Yaca). Coloquei o Yaca na lateral. Acabou dando certo.

CINCO VITÓRIAS SEGUIDAS
É gostoso entrar de uma maneira positiva na história do clube. Trabalhei como auxiliar na equipe muito boa de 2013 e não conseguimos cinco vitórias. Quero parabenizar o grupo pelo empenho. Estou sempre tentando manter o foco de todos. Eles são profissionais e sabem da responsabilidade.

Fonte: globoesporte.com.br/botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: