Redes Sociais

Colunas

Jair fala sobre especulações, mas prega foco na vaga para Libertadores

Publicado

em

Quartas de final da Libertadores, semifinal da Copa do Brasil e cada vez mais firme no topo da tabela do Brasileiro, a temporada do Botafogo não teve título, mas é de se aplaudir. Por isso, o nome de Jair Ventura ganhou força no mercado do futebol e é especulado em outras equipes.

Sempre muito tranquilo, Jair falou sobre o assunto em coletiva nesta sexta-feira, no Estádio Nilton Santos. Ele, é claro, reconheceu a importância do momento, mas voltou a dizer que o mais importante agora é pensar na classificação para a Libertadores de 2018.

– É gratificante ver seu nome especulado em outras equipes tão grandes quanto o Botafogo. Mas eu estou muito focado aqui no Botafogo, nessa situação que a torcida quer. A gente sabe a importância de uma classificação, pois o clube nunca conseguiu duas classificações seguidas.

Mesmo antes de conseguir a vaga, Jair já pensa no futuro e espera que a diretoria renove o contrato dos jogadores que estão com vínculos até o fim do ano.

– Preocupa, mas é um futuro que podemos mudar. Se conseguirmos renovar os contratos. Facilita a vida do treinador, dos jogadores que chegarem… E quanto antes a gente resolver nossa vida é melhor. Preocupado com o presente, mas de olho no futuro”

O Botafogo enfrenta o Atlético-MG, neste domingo, e reencontra um velho carrasco: Fred. Ao longo da carreira, o atacante marcou 16 gols contra o Alvinegro. Nenhum outro clube sofreu tantos fols do camisa 9.

Em 2016, por exemplo, Fred marcou nos três jogos em que enfrentou o Botafogo, com as camisas de Fluminense e Atlético-MG. Na atual temporada, no entanto, ele ainda não marcou contra o clube carioca. Jair Ventura, entretanto, minimizou o retrospecto e pediu atenção a todo time do Galo.

– Não só ele (Fred), mas como o Leonardo Silva. Já tomei vários gols do Leonardo (Silva). Ele fez um ano passado contra a gente na Arena. Você treina, mas não consegue marcar. É questão de jogadores que têm qualidade – disse o treinador.

Confira mais tópicos da entrevista:

Cobrança por títulos

Nosso grande objetivo é brigar na parte de cima. Ser campeão do returno não dá vantagem de nada, o que vale é chegar na Libertadores. Muitos me questionam sobre títulos. Nosso último grande foi em 95. Lembro que em 2014 estávamos na Série B. Me perdoem, mas de 2014 para cá foi um grande trabalho

Rendimento do time

Gosto sempre de alinha a performance do resultado. No meu modo de ver, o jogo do Vasco foi equilibrado, mas achei o Botafogo superior. Contra o Corinthians merecemos a vitória e conseguimos. Claro que dá confiança, é o líder… A gente tem que ter uma continuidade no rendimento para conquistar mais uma grande vitória.

Conjuntivite de Bruno Silva

Ausências certas são dos suspensos. O atleta de alto nível sempre estará com alguma dor. Mas para tirar do jogo… Acho que não

Boa fase do Atlético-MG

Mais um grande jogo, contra um grande adversário. A gente sabe a qualidade individual do Atlético-MG. Falo do Fred, Robinho, Elias, Luan… É muito jogador. A gente viu isso na vitória no clássico (contra o Cruzeiro) e temos que ficar com a atenção redobrada.

Fonte: globoesporte.com


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: