Redes Sociais

Notícias

Jamaal Smith sonha ficar e ser campeão do NBB pelo Botafogo: “É por causa da torcida que não quero sair”

Publicado

em

Craque das quadras, ídolo do basquete alvinegro, Jamaal Smith foi o principal jogador do Botafogo nos últimos anos. O time foi campeão da Liga Ouro, fez boas campanhas no NBB e conquistou o título da Liga Sul-Americana. Entretanto, o esporte passa por dificuldades.

Em entrevista ao site BotaPress, da jornalista Júlia Camacho, Jamaal Smith explicou que está sem contrato, mas pretende continuar no Botafogo por causa da torcida. Ele chegou a fazer uma tatuagem em homenagem ao clube e aos torcedores.

– Isso é respeito e amor. É um relacionamento que eu vou manter pelo resto da minha carreira. Depois que eu terminar de jogar, eu vou continuar lembrando desses tempos, junto com eles. É por causa deles que eu não quero sair do Botafogo, eles que me dão moral para eu dar meu tudo. Entendo o lado deles, quando estão bravos (risos), eles têm razão. Não conseguimos ganhar todos os jogos, mas eu entro em quadra sempre para dar os meus 110%. Todos eles me dão muito amor e respeito e eu também dou isso para eles – afirmou Jamaal.

Aos 35 anos, Jamaal convive com os salários atrasados no Botafogo e torce para a situação se acertar.

– Não acho certo, é uma coisa bem complicada. Todo mundo que jogou pelo Botafogo nessa temporada, deu o seu máximo para conseguir ganhar o título sul-americano. Nós não fizemos só para nós, mas fizemos para o Botafogo. Algo que precisa ajeitar rápido, eu tenho filhos, tenho vida, então, é bem complicado. Tem muitas pessoas precisando de ajuda, mas eu não posso ajudar eles, porque também estou precisando de ajuda nesse momento. Meu sonho é que fique resolvido rápido – declarou.

Jamaal Smith relembrou a conquista da Liga Sul-Americana, em dezembro de 2019.

– Melhor do que conseguir o título foi a forma como a gente conquistou. Eu cheguei dois dias antes da viagem para a primeira fase, a gente não teve muito tempo para treinar juntos. Foi difícil na Colômbia, nós jogamos e conseguimos passar para a segunda fase. Na Argentina, ganhamos o jogo nos últimos segundos, estávamos atrás no placar, mas conseguimos ir para a final. Acabamos perdendo a primeira partida, depois jogamos fora, com bastante pressão, mas fomos felizes e conseguimos ganhar os dois jogos na casa do adversário. Acho que essa forma de conquista foi muito maravilhosa, foi uma história bonita – comentou.

– Minha ambição e sonho com o Botafogo sempre foi ganhar títulos. Agora, temos um de campeonato internacional, acho que significa muito. Fizemos história e nome nessa temporada. Acho que minha maior ambição é um título de NBB, para dar para os torcedores, para todo mundo que trabalha pelo clube. No momento, eu não tenho contrato, mas meu sonho é de ficar – completou.

Fonte: Redação FogãoNET e BotaPress / Foto de Capa: Reprodução / Instagram


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: