Redes Sociais

Notícias

Jornalista critica a Ferj após entidade processar Botafogo e Fluminense: “Administração patética”

Publicado

em

André Rizek reagiu com contundência à notícia de que a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) entrou com ação na Justiça contra Botafogo e Fluminense. A entidade está pedindo retratação pública, R$ 100 mil de danos morais e indenização por danos materiais pela forma contrária com que os clubes reagiram com a volta do Estadual em meio à pandemia de coronavírus.

Para o jornalista, o Campeonato Carioca e a administração da Ferj são “patéticos” e os clubes passam por esse capítulo ainda mais fortalecidos.

– A Ferj fez um bem danado a Fluminense e Botafogo, ao colocá-los como antagonistas de um campeonato e administração patéticos. Conseguiu dar motivo para torcedores dos dois clubes, tão combalidos, a encherem o peito de orgulho – disse, em uma postagem no Twitter.

Alegações da Ferj contra Botafogo e Fluminense

No documento, a Ferj alega que os clubes “expuseram grosseira e mentirosamente uma série de supostas irregularidades imputadas à Autora” e diz que “é muita covardia de ambos mandatários agirem às expensas das instituições que administram para tentar infligir alguma dor na moral alheia, visando amealhar alguma fugaz repercussão social”. A federação ainda afirma que o documento contra a volta aos treinos foi “chilique” dos clubes.

– A verdade é que dos 16 clubes apenas 2 discordaram do retorno à atividade desportiva, sentindo-se “atacados” pela autora e por todos os outros 14 clubes, o que chega a ser uma piada de gosto duvidoso. O ataque a que ambas Rés se referem é a derrota acachapante de 14 x 2? Trata-se, pois, de um mero chilique sem qualquer embasamento para tanto”, diz a ação.

Fonte: Terra / Foto de Capa: Reprodução / SporTV


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: