Redes Sociais

Notícias

Kanu agradece “esporros” de Carli e brinca com Gabriel, ex-Botafogo: “Daqui a pouco está de volta. O lugar dele está guardado”

Publicado

em

Com sete anos de Botafogo, Kanu começou no base como centroavante, virou zagueiro, fez gol do título brasileiro sub-20, passou pela Cabofriense e começou a se firmar no ano passado. Em 2020, o jovem de 23 anos virou titular e renovou até 2022. O crescimento veio com trabalho e com referências.

Em entrevista em live no Instagram da Webradio Audioativo, Kanu contou que se espelha em Joel Carli, zagueiro argentino que recentemente teve saída oficializada pelo Botafogo.

– Ele é minha referência, sabe disso, já falei para ele e em entrevistas. Me espelho muito, nunca tinha visto um capitão de verdade, como pessoa e como grupo, maravilhoso dentro de campo também. Esse tempo todo fui aprendendo com ele, pegando os macetes, porque ele tem bastante atalhos. Hoje, estou no lugar dele, mas ele está torcendo por mim. Deram certo todos os esporros que me deu. É líder para o bem, para ajudar, merece tudo o que aconteceu no Botafogo e vai alcançar mais coisas boas na carreira – elogiou Kanu.

Ex-Botafogo e hoje no Atlético-MG, o zagueiro Gabriel mandou comentários na live e torcedores pediram seu retorno. Kanu aproveitou para brincar.

– Ele sabe disso, mas o lugar dele já está esperando. Daqui a pouco, está de volta, o lugar dele está guardado – comentou Kanu.

Leia outras respostas de Kanu:

Virar titular

– Foi um trabalho difícil, dois anos e meio lutando comigo mesmo, não era visto. A transição da base para o profissional é difícil, está melhorando a desigualdade quando chega. No início, não dei certo, fui para a Cabofriense, vi dificuldades, me dediquei ainda mais para crescer e estar preparado para oportunidades. Tive ano passado e esse ano. Quero continuar crescendo para ter voos maiores.

Ídolos

– Gosto de muitos jogadores como Thiago Silva, Van Dijk e Sergio Ramos, mas minhas referências, meus olhos brilham, com as pessoas que convivi: Carli, Marcelo, Igor Rabello, Gabriel e Yago. Me apaixonei por eles por tudo que me ensinaram sem nada em troca. Viraram meus ídolos. É isso que me faz mais feliz. Respeito Thiago Silva e Van Dijk, mas meus ídolos são Carli, Marcelo, Rabello, Gabriel e Yago.

Parceria com Marcelo Benevenuto

– Nos conhecemos há seis anos, nos entendemos muito. Cada um tem sua qualidade, quando se junta, dá certo. Ele é muito forte, talvez, o mais rápido no Brasil, eu sou mais na leitura e técnica. Hoje, somos a zaga mais jovem do Campeonato Brasileiro, queremos bater novas metas, ter voos maiores, sempre com pés no chão e muito trabalho.

– Ele teve todo o processo, já chegou pronto, o negão é maneiro, jogou Libertadores, fez 100 jogos pelo clube, é referência dentro e fora de campo, um líder. Espero seguir o mesmo caminho, com muito trabalho e dedicação.

Botafogo no Brasileirão

– Vamos jogo a jogo, com pés no chão. Sabemos onde podemos chegar, vamos trabalhar firme, etapa por etapa, para chegar no fim do ano, alguns vão se surpreender, mas por tudo que estamos trabalhando era o que tinha que acontecer. Esperamos que dê tudo certo, ter apoio da torcida, para ter bom campeonato e boa classificação.

Fonte: Redação FogãoNET e Instagram Webradio Audioativo / Foto de Capa: Vitor Silva / Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: