Redes Sociais

Notícias

Lazaroni diz que faltou “paciência” ao Botafogo contra o Grêmio e quer corrigir jogo aéreo

Publicado

em

Mesmo com um jogador a mais na maior parte do segundo tempo, o Botafogo não conseguiu reagir e evitar a derrota por 3 a 1 para o Grêmio, nesta quarta-feira, na Arena. O técnico Bruno Lazaroni analisou o resultado e identificou erros da sua equipe.

– Primeiramente, sabíamos da qualidade do jogo do Grêmio no campo ofensivo, tentamos pressionar alto nos tiros de meta para evitar que recuperassem a bola e ficassem com ela no nosso campo. Demoramos um pouco a compactar as linhas, subir as linhas de marcação para impedir esse jogo de qualidade do Grêmio no campo ofensivo. No segundo tempo, tomamos um gol muito cedo, com dois minutos e, depois da expulsão, começamos a afunilar muito o jogo por dentro. A orientação era abrir, circular a bola com velocidade e depois sim fazer a jogada de infiltração e de cruzamento, para dois caras muito fortes na área (Pedro Raul e Matheus Babi). O terceiro gol foi determinante, um balde de água fria para a equipe, que começou a afunilar ainda mais. Não tem muito tempo a lamentar. Viemos para dois jogos fora, em duas pontas do país, fizemos viagem de nove horas, acabou que tudo isso foi determinante para o resultado final – afirmou Bruno Lazaroni, em entrevista coletiva divulgada pela BotafogoTV.

Leia outras declarações:

Time cheio de atacantes

– A ideia original era abrir as linhas de marcação, trabalhar com três caras entre as linhas, Lecaros, Kalou e Honda, com Cícero por trás, abrir bem Kelvin e Kevin pelos lados. Acabou que, pela ansiedade de querer fazer o gol logo, não tivemos a tranquilidade para abrir e depois tentar as jogadas por dentro. Utilizamos de cruzamentos para a área, acabou que o Grêmio com um a menos se fechou bem em seu campo de defesa.

Muitos gols sofridos no jogo aéreo

– Os números são significativos, já tínhamos identificado esse tipo de problema. Não tem muito tempo para trabalhar, fazer ajustes por vídeos. É uma realidade, trabalhar para evoluir nesse sentido.

O que faltou

– Faltou paciência para circular a bola, utilizar a amplitude do campo e, aí sim, fazer o jogo por dentro. Insistimos por dentro, facilitamos a marcação. Não temos muito tempo a lamentar, não fiquei eufórico com vitórias nem vou ficar triste com a derrota. Temos que entender a situação e colocar todo mundo para cima, porque temos jogo importante segunda-feira.

Veja o vídeo da BotafogoTV:

Fonte: Redação FogãoNET / Foto de Capa: Vitor Silva – Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: