Redes Sociais

Colunas

Marquinho e Dierson próximos do Macaé

Publicado

em

Na última sexta-feira, o presidente do Macaé, Mirinho, revelou uma negociação encaminhada com dois atletas que pertencem ao Botafogo: Dierson e Marquinho. E o meia, que já defendeu o Leão Praiano entre 2013 e o início deste ano, tem um motivo a mais para voltar ao Norte Fluminense, conforme revela seu empresário, José Lucas Gonçalves,

De acordo com o representante de Marquinho, o jogador tem convivido com um drama familiar: sua mãe, moradora de Macaé, tem enfrentado problemas de saúde. E isso, inclusive, é o que mais aproxima o jogador ao Alvianil.

– Pode (o drama familiar facilitar a negociação). Qual o filho que não quer ficar mais perto de sua mãe quando ela está doente? Se o Marquinho for, será só para o estadual – disse o agente, que revelou não ter sido informado entre as conversas entre a diretorias do Macaé e do Botafogo para discutir o empréstimo do jogador.

– Eu só soube do contato do Macaé com o Botafogo através da imprensa. Eu só sabia que o Macaé tinha procurado o jogador há três meses querendo saber da possibilidade de empréstimo. Deve acontecer uma reunião com o Marquinho, comigo e parceiros até sexta-feira para definirmos algumas coisas. Existem outros clubes interessados. Mas o fato da mãe dele estar doente pode pesar muito na decisão do jogador.

Ainda de acordo com José Lucas Gonçalves, não houve sequer um contato oficial do Botafogo para discutir o futuro do jogador para 2017. O que, segundo ele, só deve acontecer após o término do Campeonato Brasileiro, neste fim de semana.

– Ainda não (conversou com o Botafogo sobre o futuro de Marquinho). Tive uma conversa com o (Antônio) Lopes já tem um mês. Mas não foi nem em relação ao Marquinho. Tocamos no nome dele, mas coisa rápida. Lopes disse que vai esperar acabar o Brasileiro para definir o planejamento de 2017.

Natural de Macaé, Marquinho, de 27 anos, começou a carreira no Serra Macaense e chegou ao Leão Praiano em 2013. Fez parte do grupo que faturou o inédito título da Série C do Brasileirão pelo clube em 2014. Entre 2015 e 2016, viveu seu melhor momento com a camisa do time do Norte Fluminense e chamou a atenção do Botafogo. Em Maio deste ano, acabou se transferindo para o Alvinegro, mas pouco foi aproveitado.

O jogador, então, foi emprestado ao Atlético-GO e reencontrou o técnico Marcelo Cabo, com quem já tinha trabalhado no próprio Macaé. Pelo Dragão, disputou 14 partidas ao longo da temporada e fez parte do grupo que conquistou o incontestável título da Série B do Campeonato Brasileiro, apesar de não ter sido titular.

Fonte: globoesporte.com.br/botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: