Redes Sociais

Notícias

Montenegro afirma que Honda abriu mão do salário de março em razão da pandemia

Publicado

em

Alvinegro, que garantiu pagar integralmente até o mês de maio, não aceitou pedido do meia japonês

Keisuke Honda, jogador do Botafogo, que discute diversos temas relacionados à pandemia do novo coronavírus em seu Twitter, abriu mão do salário do mês de março para ajudar o clube. O pedido do meia japonês foi revelado por Carlos Augusto Montenegro. Segundo o membro do comitê executivo do futebol, o atleta sugeriu o desconto.

– Ele é um exemplo, tem um comportamento extraordinário. Ficou aqui no Brasil, a família dele está no Japão e ele tem falado mais com o Ricardo (Rotenberg). Ele comentou: “Estou pensando em não receber o mês de março, sei que o clube está com dificuldade”. Ele que sugeriu. Nem demos conversa, já que estamos pagando normalmente a todos – disse Montenegro.

Ao GloboEsporte.com, Montenegro disse que não haverá redução salarial dos jogadores no mês de maio.

No dia 26 de abril, Honda usou suas redes sociais para se posicionar a respeito da redução dos salários de jogadores. O japonês escreveu que “os gerentes devem solicitar imediatamente cortes salariais em ordem decrescente de salário, caso contrário, mais equipes entrarão em colapso e, com isso, os torcedores ficarão tristes”.

Fonte: Globoesporte.com


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: