Redes Sociais

Notícias

Montenegro culpa falta de experiência por gols sofridos pelo Botafogo no fim, mas defende filosofia

Publicado

em

Membro do Comitê Gestor do Botafogo, Carlos Augusto Montenegro admitiu que os gols que o time tem sofrido no fim dos jogos – e que estão custando preciosos pontos no Campeonato Brasileiro – são fruto da falta de experiência e da juventude do elenco.

– Nos jogos contra o Corinthians e o Athletico-PR foi a falta de experiência à juventude no sentido de segurar a bola lá na frente, cair, enrolar um pouco o jogo. Tanto o gol do Athletico-PR quanto o gol do Jô são gols que você vê um buraco do nosso lado esquerdo muito grande. Esses gols deixam a gente chateado, mas depois a gente entende. Hoje, dos 20 clubes, o Botafogo é quem talvez tenha a menor folha. Estamos com muita dificuldade para conseguir sobreviver – observou Montenegro, em entrevista ao podcast “30 minutos de Botafogo”, do jornal “O Globo”.

Sem dinheiro para grandes contratações, o Botafogo optou por dar oportunidade aos jovens formados na base e também por apostar em atletas mais novos e mais baratos, mesclando à experiência de dois astros internacionais – o japonês Keisuke Honda e o marfinense Salomon Kalou.

– O Botafogo terminou o jogo com nove jogadores abaixo de 23 anos. Nossa política, que foi um pedido do Autuori, foi dar muita força ao trabalho de base, contratamos muito jogadores abaixo dos 23 anos como Kevin e Pedro Raul e tentamos equilibrar isso com jogadores experientes internacionais como Kalou e Honda, ambos muito profissionais e que agregam muito aos garotos – completou.

Ouça a entrevista de Montenegro:

Fonte: Redação FogãoNET e O Globo / Foto de Capa: Reprodução / SporTV


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: