Redes Sociais

Notícias

Montenegro, sobre férias antecipadas no Botafogo: “Acho que não tem outra saída”

Publicado

em

Com a pandemia do novo coronavírus, o futebol brasileiro está parado por tempo indeterminado. Para pensar em como finalizar a temporada, a CBF se reuniu com clubes da Série A e B, na última sexta-feira, através de videoconferência. Após horas de debate, ficou pré-estabelecido que o calendário será estendido até dezembro. Com isso, os times estão liberados a dar férias aos jogadores durante a paralisação, o que Botafogo e Flamengo planejam fazer.

A reportagem conversou com Carlos Augusto Montenegro, dirigente do Botafogo. O membro do Conselho Gestor do Alvinegro confirmou que a ideia é essa, mas que o martelo só será batido nas próximas horas.

“O Nelson (presidente do Botafogo) participou da reunião com a CBF e botou no grupo (da diretoria) essa possibilidade. Acho que não tem outra saída. Vamos ver se começará dia 23 ou 24, mas deve ser 30 dias corridos mesmo”, disse em contato com a reportagem.

O Flamengo também deve seguir a mesma estratégia. Após a reunião com a CBF, dirigentes já comunicaram aos jogadores a possibilidade de dar férias do dia 23 de março até 22 de abril. Um dirigente rubro-negro, que pediu para não ser identificado, disse que “esse é o melhor caminho diante do atual cenário”.

Oficialmente, o Flamengo ainda não comunicou a decisão do clube. A princípio, os jogadores retornam aos trabalhos na segunda-feira, algo que é inviável. A mudança será avisada nas próximas horas.

Fonte: O Dia Online


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: