Redes Sociais

Notícias

Para Bruno Nazário, Botafogo mereceu o empate: “Nosso time aguentou lá atrás”

Publicado

em

Um dos destaques do Botafogo no empate por 1 a 1 com o Athletico-PR, o meia Bruno Nazário considerou justo o placar do jogo disputado nesta quarta-feira, pela nona rodada do Brasileiro.

“Eles pressionaram muito, tanto no início como no fim do jogo, mas acho que nosso time se aguentou bem lá atrás”, disse o meia, que reconheceu que, no primeiro tempo, o Botafogo teve dificuldades para sair da defesa. “Acho que foi mérito do time deles, que marcou a gente lá em cima. Daí, ficou difícil a gente fazer a ligação para o ataque”, comentou.

Nazário explicou também porque não quis cobrar o pênalti no segundo tempo, quando entregou a bola nas mãos do capitão Victor Luis. “Ele estava determinado em campo e tinha certeza que cobraria muito bem”, afirmou Nazário, referindo-se ao capitão botafoguense nesta quarta.

Victor Luis bateu forte e no alto, além de deslocar o goleiro Santos que caiu para o lado direito e viu a bola entrar no outro lado.

No primeiro tempo, Nazário chegou a balançar as redes aos 28 minutos após cruzamento na linha de fundo de Caio Alexandre. O árbitro de vídeo, porém, apontou impedimento no momento em que Kevin lançou Caio Alexandre pelo lado direito. “Foi uma pena, porque eu peguei de primeira e fiz o gol”.

Bruno Nazário até ensaiou uma comemoração, abrindo os braços, mas depois segurou a euforia dos companheiros, porque não queria comemorar contra seu ex-clube, o Athletico. “O clube sempre me apoiou na carreira e não gostaria de festejar aqui na casa deles em sinal de respeito”, finalizou.

Fonte: Estadão / Foto de Capa: Vitor Silva / Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: