Redes Sociais

Notícias

Pênalti para o Botafogo? Honda tem 89% de aproveitamento recente e pode decidir na Copa do Brasil

Publicado

em

Pênalti para o Botafogo. Quem bate? Essa pergunta tem deixado a torcida alvinegra com uma pulga atrás da orelha. Afinal, a situação pode ser decisiva nesta terça-feira, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Como o Alvinegro perdeu por 1 a 0 na ida para o Cuiabá, pode ir para as penalidades se vencer a volta por um gol de diferença.

O debate ganhou força após o empate em 2 a 2 entre Botafogo e Ceará, no último sábado, no Nilton Santos. O Alvinegro teve duas penalidades no jogo: na primeira, Keisuke Honda converteu e na segunda, Victor Luis isolou. Nas redes sociais, o torcedor alvinegro se irritou e não entendeu a mudança de batedor.

Apesar dos erros, a questão deveria ser simples. Nos últimos oito anos, o japonês cobrou 19 pênaltis e acertou 17 deles (89% de aproveitamento), segundo dado da “FBScout”. Se olharmos somente suas últimas dez penalidades, constatamos que o rendimento sobe para 90% de conversão, uma média superior a todos os atletas do elenco alvinegro.

Mas Honda é o cobrador oficial do Botafogo? Teoricamente, sim, mas por que não cobra todas? Não existe uma explicação clara, mas a “gentileza” do japonês pode ser a explicação. Na derrota para o Fluminense por 1 a 0, em amistoso no Nilton Santos, Pedro Raul isolou um pênalti que poderia ser cobrado por Honda. Na ocasião, o então técnico, Paulo Autuori falou sobre o assunto.

— Qualquer decisão em relação a isso é minha, está bem claro que o Honda é o batedor. Só que ele, de maneira gentil como é, como capitão da equipe, deu a chance ao Pedro Raul de bater. Quem bateu o pênalti contra o Bangu na estreia do Honda foi o Honda. Temos alguns batedores, o Pedro Raul é um deles, hoje foi completamente infeliz, o Honda é outro, o Nazário é outro. O que quero é jogador com iniciativa. Na hora que tiver que ser, a determinação será minha — frisou Autuori.

O Alvinegro enfrenta o Cuiabá nesta terça-feira, às 19h (de Brasília), na Arena Pantanal, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, precisando vencer por dois gols de diferença para se classificar. Na ida, no Nilton Santos, derrota por 1 a 0.

Fonte: O Globo Online / Foto de Capa: Vitor Silva – Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: