Redes Sociais

Notícias

Por que a pressão? Globo vai liberar R$ 3,8 mi assim que o Carioca voltar

Publicado

em

O reinício do Campeonato Carioca vai render imediatamente aos clubes R$ 3,8 milhões dos direitos de transmissão da competição. Em acordo feito no fim de abril, a Globo se comprometeu a liberar 15% do valor que está retido pela paralisação do torneio assim que a bola voltar a rolar.

Vasco, Fluminense e Botafogo receberiam nessa leva cerca de R$ 675 mil cada um, totalizando R$ 2,025 milhões — o Flamengo não têm direito à cota de transmissão porque não fechou acordo com a Globo. O restante, portanto, seria dividido entre os clubes menores e, por isso, eles pressionam pelo retorno.

Esses oito times (Bangu, Madureira, Resende, Volta Redonda, Macaé, Cabofriense, Portuguesa e Boavista), junto com Flamengo e Vasco, querem a retomada o quanto antes do campeonato que foi suspenso em 16 de março por causa da pandemia do coronavírus — faltam ainda duas rodadas, semifinal e final da Taça Rio e os dois jogos da decisão. Apesar de não ter valores de direito de transmissão, o Flamengo espera ter reativado pagamentos de patrocinadores assim que o time voltar a ação.

Reunião no domingo (24) projetou o retorno dos treinamentos para essa semana e do Carioca para 14 de junho — Fluminense e Botafogo, que são contra a volta agora, não participaram. Ainda há ceticismo de que o reinício será possível em junho, principalmente se o número de mortes e casos confirmados diários da Covid-19 não cair no estado do Rio.

O Flamengo já trabalha com bola no campo de seu centro de treinamento desde a semana passada, quando sua diretoria se reuniu junto com a do Vasco com o presidente Jair Bolsonaro, em Brasília. Bolsonaro defende há algumas semanas o retorno do futebol para entreter as pessoas que estão de quarentena em casa.

Após a interrupção do futebol, alguns estaduais tiveram parte dos pagamentos suspensos pela Globo, o Carioca foi um deles. Cerca de 25% dos R$ 102 milhões totais foram retidos e reunião no fim de abril definiu que parte desse valor, 10%, seria pago imediatamente, para ajudar os clubes no período sem jogo. O restante foi dividido 15% assim que a bola rolar e os 75% restantes ao fim da competição – no caso do Carioca, estão incluídos os quase R$ 8 milhões que serão pagos como premiação pela classificação final.

O valor total do contrato do Carioca com a Globo pelos direitos de transmissão, que engloba TVs aberta e fechada e pay-per-view era de R$ 120 milhões, mas como o Flamengo não fechou os R$ 18 milhões que seriam pagos ao clube da Gávea foram abatidos e não redistribuídos entre os participantes.

Vasco, Fluminense e Botafogo têm direito a cerca de R$ 18 milhões, enquanto os clubes menores dividem o restante da bolada com base em quantidade de jogos transmitidos e classificação ao final da competição.

Fonte: Coluna Marcel Rizzo – UOL


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: