Redes Sociais

Notícias

Projeto do Botafogo atrai Éber Bessa, que terá primeira chance na elite do futebol brasileiro

Publicado

em

Meia fará exames nesta quarta para assinar contrato até fim de 2021; acordo estipula meta de partidas a serem cumpridas pelo jogador, que estava há seis temporadas no futebol português

O nome Éber Bessa soa estranho aos ouvidos dos torcedores do Botafogo. Quem é o jogador que está sendo contratado pelo clube após anos no futebol português? O meia de 28 anos terá no time alvinegro sua primeira oportunidade na elite do futebol brasileiro, um atrativo a mais para a concretização do negócio.

Éber está no Rio de Janeiro e realizará exames médicos nesta quarta-feira. O vínculo é válido até o fim de 2021, mas com uma ressalva: o meia tem uma meta de jogos para disputar até o encerramento do Brasileirão, em fevereiro do ano que vem. Caso ele não cumpra, o Botafogo pode optar pela rescisão. Se o objetivo for alcançado, o meia ganha um reajuste no contrato até o final do próximo ano.

Revelado pelo Cruzeiro, Éber Bessa começou como volante e não teve muitas chances na Raposa. Ainda como atleta celeste, foi emprestado para Nacional de Patos e Villa Nova, ambos de Minas Gerais, além de Impact Montréal (Canadá) e Phuket FC (Tailândia).

O meia estava em negociação com um clube do Oriente Médio, mas escolheu o projeto do Botafogo e gostou da ideia de voltar ao Brasil. Éber é o primeiro reforço contratado por Túlio Lustosa, novo gerente de futebol do clube. A ideia é trazer ainda um volante e um atacante.

Em Portugal, Éber atuou em mais de seis temporadas, com 180 jogos na primeira divisão. Foram quatro anos e meio no Marítimo (sete gols) e dois anos no Vitória de Setúbal (quatro gols). Em ambas as equipes, cumpriu os contratos por completo. Segundo Fábio Aguiar, ex-diretor de comunicação do Vitória de Setúbal, o meia pode se encaixar muito bem na carente posição do Alvinegro.

– É um grande reforço para o Botafogo. Na minha opinião, está no seu momento ideal de maturidade. Evoluiu muito em termos táticos nos últimos anos e é daqueles jogadores que fazem a diferença e podem resolver um jogo a qualquer momento. Tem uma qualidade técnica muito acima da média, é muito forte nas bolas paradas, especialmente nas faltas e pênaltis e tem uma capacidade de último passe digna dos verdadeiros números 10. Vai ajudar muito a equipe, até porque chega a um contexto que já conhece, no seu país e num estilo de futebol que é o seu.

O atleta, natural de Belo Horizonte, tem como características impor velocidade ao time e dar dinâmica ao meio de campo, além de ir bem na bola parada. Éber foi peça ofensiva importante no Setúbal, com bons passes e cruzamentos. Pode jogar também na ponta esquerda.

No futebol português, foi considerado um meia combativo, agressivo, versátil e com qualidade para carregar e distribuir a bola.

Éber Bessa é um jogador que se encaixa no perfil procurado pelo Botafogo e, pelas características, poderá agregar ao time de Bruno Lazaroni, que tem poucas opções para a posição e acaba de perder Bruno Nazário, que sofreu lesão grave no tornozelo.

Fonte: GE / Foto de Capa: Reprodução – Instagram


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: