Redes Sociais

Notícias

Rafael Forster vai de aposta à peça-chave em mudança de esquema do Botafogo

Publicado

em

Anunciado há pouco mais de um mês pelo Botafogo, o zagueiro Rafael Forster foi de um nome desconhecido da torcida alvinegra à peça importante na mudança de esquema tático realizada pelo técnico Paulo Autuori nas últimas partidas.

No clássico com o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro e no duelo com o Paraná, pela Copa do Brasil, o time de General Severiano adotou um desenho no estilo 3-5-2, que apresentou mudanças de acordo com a situação de jogo e Forster foi um “curinga”.

Quando o Botafogo tinha a bola, ele atuou como volante e, sem a bola, como defensor. Até então, o Glorioso vinha atuando no 4-4-2 ou 4-3-3, mas com o comandante ainda buscando o melhor encaixe.

A participação na construção de jogadas já havia sido um ponto considerado relevante pela diretoria na busca pelo jogador e foi citado pelo próprio na apresentação.

“Eu sou um atleta que gosta de ter saída de bola, do jogo de passes e acabo tendo oportunidade de ultrapassar a linha adversária. Isso facilita meus companheiros na construção de jogadas”, disse, à época.

Até por esta característica, Autuori, que já o conhecia dos tempos de Ludogorets Razgrad, da Bulgária, conversou com Forster e mostrou que poderia utilizá-lo de forma improvisada. Além disso, a dupla Marcelo Benevenuto e Kanu vem em boa fase e não há uma intenção inicial de realizar mudanças no setor.

Na Europa há cinco temporadas, o jogador conseguiu se adaptar rapidamente e tem chance de, contra o Internacional, ser titular pelo terceiro jogo consecutivo. O jogo contra o Colorado será amanhã (29), no Rio, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Concorrência em dois setores

O Botafogo acertou, no começo da semana, com o volante colombiano Carlos “Neneco” Rentería, que estava livre no mercado após deixar o Tolima, da Colômbia. O jogador de 25 anos será mais uma opção a Paulo Autuori no setor à frente da zaga, que teve a perda de Alex Santana, vendido ao Ludogorets.

Assim, além da concorrência na posição de origem, Forster, em breve, deve enfrentar uma disputa também nesta nova função.
Para a posição, a cúpula chegou a procurar Luiz Antônio, ex-Flamengo, mas as conversas não foram à frente.

Zaga em boa fase

A dupla formada por Marcelo Benevenuto e Kanu atravessa boa fase e vem recebendo elogios do treinador. Companheiros desde as categorias de base, os dois vêm mostrando entrosamento e tendo atuações de destaque nesta temporada.

Fonte: UOL / Foto de Capa: Vitor Silva / Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: