Redes Sociais

Notícias

Referência no elenco, Kalou passa por primeira marca no Botafogo em momento de oscilação

Publicado

em

Atacante tem um gol em 11 jogos e, apesar de ter mostrado bom futebol contra Coritiba e Corinthians, diminuiu a qualidade das primeiras exibições; veja opiniões de comentaristas

Salomon Kalou já completou sua primeira marca no Botafogo. Contra o Palmeiras, o atacante participou do 11º jogo com a camisa alvinegra e ainda oscila neste primeiro momento no clube. Com um gol e nenhuma assistência, o marfinense busca se firmar dentro das quatro linhas, mas se torna referência fora delas.

Dos 11 jogos de Kalou no Botafogo, oito foram como titular, mas em apenas dois o atacante permaneceu em campo durante os 90 minutos.

Kalou tem sido utilizado como atacante de lado, caindo pela esquerda. A parte física pode ser explicada como obstáculo para o marfinense, que aos 35 anos, não tem a mesma disposição de antes e dificilmente consegue recompor a marcação no meio e partir em velocidade nos contra-ataques.

– O Botafogo buscou a contratação do Kalou mais preocupado com o impacto da chegada do que para acrescentar de maneira consciente ao elenco. É um jogador de idade mais avançada com poucos minutos na última temporada no Hertha (Berlin, da Alemanha) e que sempre foi muito dependente do físico, do ritmo, para render. Acho que é natural que precise de tempo para se reencontrar, o problema é que a exigência é por uma resposta de jogador relevante no grupo.

– No imaginário do torcedor e da diretoria, ele teria que chegar já com bom desempenho. Eu vejo o Kalou como jogador de velocidade, pela esquerda, como foi contra o Vasco, nos 45min depois de voltar de viagem à França, mas ele não vai sustentar 90 minutos assim – analisou Raphael Resende, comentarista do SporTV.

A chegada de Kalou ao Rio de Janeiro aconteceu com o Campeonato Brasileiro já em andamento e o atacante precisou se adaptar imediatamente ao calendário apertado do futebol nacional. O último jogo dele na Alemanha havia sido em 30 de novembro de 2019.

Pelo Botafogo, Kalou estreou no dia 2 de setembro, no empate em 0 a 0 contra o Coritiba. O primeiro gol veio na partida seguinte, empate em 2 a 2 com o Corinthians. Foi bem nos dois jogos, mas diminuiu a qualidade das primeiras exibições. Voltou a se destacar na derrota por 3 a 2 para o Vasco pela 10ª rodada do Brasileirão.

Se ainda não impactou dentro de campo, Kalou trouxe resultados fora dele com o aumento no número de sócios e na venda de produtos do clube, além de gerar visibilidade internacional ao Botafogo. Dentro do vestiário, o atacante ainda surge como exemplo para o elenco repleto de jovens atletas.

– Um jogador de 35 anos no futebol brasileiro ainda consegue jogar, mas no caso do Kalou não como titular. O começo dele no Botafogo foi animador, mas ele se mostra, de fato, como um jogador para entrar no segundo tempo (nesse momento). Tem boa finalização e passe, mas como o Botafogo opta muitas vezes por jogar no contra-ataque, exige um pouco mais de intensidade para os atacantes. É uma referência importante aos mais jovens e não precisa ser o titular pra exercer liderança – opinou Ana Thais Matos, comentarista da Globo.

Salomon Kalou terá nova chance de mostrar a que veio no próximo domingo. O atacante deve ser titular contra o Sport, às 18h15, na Ilha do Retiro. Uma vitória pode tirar o Botafogo da zona de rebaixamento.

Fonte: GE / Foto de Capa: Vitor Silva – Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: